Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

‘Palocci tem o direito de querer ser livre’, diz Lula

Princípio de bate-boca

Por Pedro Carvalho Atualizado em 13 set 2017, 19h04 - Publicado em 13 set 2017, 17h36

Em considerações finais no depoimento, Lula tergiversou sobre o objeto da ação penal. O ex-presidente aproveitou a oportunidade para desabafar quanto a delação do Palocci.

No começo do discurso, o juiz Moro o alertou:

“Não é momento de campanha”, disse. Mesmo assim, o petista seguiu por quase cinco minutos.

“Palocci tem o direito de querer ser livre”, afirmou ele. Mas “se você não quer assumir ato ilícitos, não jogue em cima dos outros”.

“Tenho lidado com muita paciência”, disse Lula.

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade