Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

MPF teme extravio de peças que restaram do Museu Nacional

Órgão acaba de enviar pedido de proteção à Polícia Federal

Por Ernesto Neves Atualizado em 3 set 2018, 17h34 - Publicado em 3 set 2018, 15h19

O MPF acaba de enviar um documento à Polícia Federal em que pede para que a corporação inicie a proteção imediata do que sobrou do Museu Nacional.

“Em caráter urgente, a pronta atuação da Polícia Federal, no sentido de garantir a preservação do local e a integridade dos bens eventualmente resgatados, prevenindo o extravio do patrimônio federal”, diz trecho do documento, assinado pelo procurador Sérgio Suyama.

O órgão solicita ainda a abertura de inquérito para investigar as causas do incêndio, que destruiu o casarão histórico no Rio de Janeiro.

Suyama pede que a PF faça “perícia imediata no local, com objetivo de apurar a extensão exata do dano e as causas do incêndio”.

Também quer que seja expedido ofício à Universidade Federal do Rio de Janeiro, requisitando informações atualizadas acerca do sistema de prevenção e combate a incêndios no Museu Nacional.

E, por fim, a oitiva de testemunhas no local, “notadamente servidores que tenham participado da operação de combate ao fogo e moradores das redondezas”.

Continua após a publicidade

Publicidade