Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Maria do Rosário fará ‘carnaval’ com condenação de Bolsonaro na Justiça

Deputada vai doar a seis entidades o valor da indenização recebida do presidente por ter dito que ela não merecia ser estuprada por ser muito feia

Por Robson Bonin - Atualizado em 18 nov 2019, 12h13 - Publicado em 18 nov 2019, 11h13

Maria do Rosário vai fazer um carnaval nesta semana com a condenação de Jair Bolsonaro no celebre – e lamentável – episódio no Salão Verde da Câmara em que a petista chamou Bolsonaro de estuprador e ele revidou dizendo que ela não merecia ser estuprada por ser muito feia.

A Justiça condenou Bolsonaro a pagar indenização de 19.000 reais à deputada. Nesta terça, Maria do Rosário fará uma espécie de ato para doar a quantia a seis entidades do movimento de mulheres de diferentes regiões do Brasil. Cada entidade receberá pouco mais de 3.000 reais.

A entrega dos valores ocorrerá às 12h30, no salão verde da Câmara dos Deputados, e será seguida por coletiva de imprensa.

Publicidade