Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Julgamento no STF será acompanhado em tempo real no exterior

Na pauta do Supremo, caso sobre o prazo de patentes mobiliza laboratórios multinacionais

Por Robson Bonin 7 abr 2021, 15h17

Na pauta do STF, o julgamento sobre o prazo de patentes mobiliza laboratórios multinacionais no exterior. Para acompanhar a análise dos ministros, que pode afetar diretamente o preço de medicamentos usados para combater sequelas da Covid-19 e auxiliar no atendimento nas UTIs, o escritório de advocacia Licks Attorneys, representante das multinacionais farmacêuticas, irá transmitir a sessão em tempo real, com tradutores de inglês, para empresários no exterior.

As multinacionais alegam que o fim da prorrogação das patentes vai afugentar investidores. Órgãos de controle como o TCU e a PGR, autora da ação, porém, afirmam que essa prorrogação de prazos, que supera 20 anos, só existe no Brasil.

As multinacionais, que possuem a exclusividade para explorar cinco medicamentos de ponta usados para auxiliar o tratamento dos sintomas da Covid-19, esperam manter o benefício aqui no Brasil para seguir vendendo mais caros produtos que, em alguns casos, já podem ser vendidos nas versões genéricas em outros países.

Publicidade