Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Hora extra no STF

Ministros do STF estão avisando os assessores que em julho, durante o recesso do Judiciário, quando muitos dos funcionários tiram trinta ou quinze dias de férias, pode não haver folga. A ordem é trabalhar no voto do mensalão.

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 08h28 - Publicado em 2 jul 2012, 19h04

Produção de voto

Ministros do STF estão avisando os assessores que em julho, durante o recesso do Judiciário, quando muitos dos funcionários tiram trinta ou quinze dias de férias, pode não haver folga.

A ordem é trabalhar no voto do mensalão.

Publicidade