Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governo investe no programa de proteção a testemunhas no CE

Pasta de Damares Alves fechou convênio com o governo do petista Camilo Santana

Por Robson Bonin Atualizado em 1 dez 2020, 15h34 - Publicado em 1 dez 2020, 17h29

A pasta de Damares Alves fechou convênio com o governo do petista Camilo Santana no Ceará para repassar pouco mais de 7 milhões de reais ao Programa de Proteção a Vítimas e a Testemunhas Ameaçadas no estado.

Os recursos vão bancar a proteção de diferentes testemunhas, em sua maioria juradas de morte por facções criminosas que atuam no estado. Em todo o país, há cerca de 600 pessoas sob proteção oficial.

A manutenção do Provita envolve despesas relacionadas ao bem estar físico, mental e social do protegido e seus familiares. O investimento na ação é uma forma de contribuir com o enfrentamento a graves violações de direitos humanos, por meio do depoimento da testemunha e vítima junto ao Sistema de Justiça.

O investimento também auxilia na garantia do atendimento psicossocial e jurídico que as vítimas, testemunhas ameaçadas e a suas famílias precisam.

Continua após a publicidade
Publicidade