Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Flexibilização de Doria exclui capital e Campinas

Cidades como Ribeirão Preto, Bauru, Presidente Prudente e São José do Rio Preto devem ser as primeiras a normalizar o funcionamento de comércio e serviços

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 22 abr 2020, 13h25 - Publicado em 22 abr 2020, 12h07

O governador paulista João Doria anunciou os critérios para a flexibilização do isolamento imposto no Estado para tentar conter o avanço do novo coronavírus.

Como parte dos critérios inclui o número de leitos comuns e de UTI disponíveis, é certo que a capital e os outros 38 municípios da região metropolitana de São Paulo, além das cidades da Baixada Santista e da região de Campinas devam ficar de fora.

ASSINE VEJA

Covid-19: Sem Mandetta, Bolsonaro faz mudança de risco nos planos A perigosa nova direção do governo no combate ao coronavírus, as lições dos recuperados e o corrida por testes. Leia na edição desta semana.
Clique e Assine

O início da reabertura de comércio e serviços, assim como a retomada das aulas, está previsto para o dia 11 de maio.

Publicidade