Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Fiocruz faz alerta para agravamento simultâneo da pandemia no Brasil

Pesquisadores da entidade acreditam ser necessária a adoção de medidas mais rigorosas para conter 'cenário alarmante'

Por Mariana Muniz Atualizado em 5 mar 2021, 09h32 - Publicado em 2 mar 2021, 20h19

Em nota técnica publicada nesta terça-feira, a Fiocruz  alerta que, pela primeira vez desde o início da pandemia no Brasil, verifica-se em todo o país o agravamento simultâneo de diversos indicadores como o aumento do número de casos e de óbitos, a alta positividade de testes e a sobrecarga dos hospitais. 

No momento, segundo o boletim da Fiocruz, 19 unidades da Federação apresentam taxas de ocupação de leitos de UTI acima de 80%. No levantamento anterior, eram 12. 

“O cenário alarmante, segundo a análise, representa apenas a ponta do iceberg de um patamar de intensa transmissão no país. Diante disso, os pesquisadores acreditam ser necessária a adoção de medidas não-farmacológicas mais rigorosas”, afirma o texto. 

Entre as medidas propostas pelos pesquisadores estão a restrição da circulação e das atividades não essenciais, de acordo com a situação epidemiológica e capacidade de atendimento de cada região, “avaliadas semanalmente a partir de critérios técnicos como taxas de ocupação de leitos e tendência de elevação no número de casos e óbitos”.

Continua após a publicidade
Publicidade