Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Conteúdo para assinantes

EXCLUSIVO: Saiba quem é o militar preso com 39 kg de cocaína no voo da FAB

Falha de segurança nos procedimentos da Base Aérea permitiu embarque da droga, dizem fontes do Planalto

Por Robson Bonin - Atualizado em 26 Jun 2019, 15h11 - Publicado em 26 Jun 2019, 13h16

O militar preso na Espanha com 39 quilos de cocaína transportados no avião da FAB atende no meio militar pela patente de segundo-sargento Silva Rodrigues. Ele tem 38 anos e, segundo fontes do Planalto, atuava no Grupo de Transportes Especiais da FAB como comissário de bordo.

Silva Rodrigues não tinha cargo na Presidência da República e não estava ligado diretamente à equipe presidencial de Bolsonaro, que rumou para o Japão nesta terça-feira. Ele poderia ser requisitado em caso de emergência.

A pedido de Bolsonaro, que está profundamente irritado com o episódio, assessores do Planalto já identificaram a falha na segurança que permitiu o embarque da droga.

O militar Silva Rodrigues não passou pelo aparelho de raio-X, de uso obrigatório, da Base Aérea da FAB.

Continua após a publicidade

Conheça o podcast Funcionário da Semana:

Na edição da semana do podcast de VEJA, conheça a história de Janaína Paschoal, a ombudsman do PSL. Ouça:

Publicidade