Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Comissão aprova PL que obriga partidos a registrarem transações

PL do deputado Rodrigo Agostinho aplica regras da Lei de Lavagem de Dinheiro para legendas

Por Mariana Muniz - Atualizado em 13 Nov 2019, 16h40 - Publicado em 13 Nov 2019, 15h40

Em meio à crise no PSL e a tentativa de criação de um novo partido por parte do presidente Jair Bolsonaro, a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara aprovou por unanimidade projeto que prevê regras da Lei de Lavagem de Dinheiro para partidos políticos.

A proposta é do deputado Rodrigo Agostinho (PSB/SP), e obriga as legendas a manterem registro de todas as transações financeiras e a prestar informações ao TSE sobre suas finanças.

O projeto altera a Lei 9.613/98, que impõe obrigações de registro de cadastro de clientes e de operações financeiras, e tem como objetivo combater a lavagem de dinheiro eleitoral, o conhecido caixa dois.

Publicidade