Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Com sintomas de coronavírus, Luiz Estevão vai para prisão domiciliar

Ex-senador de 70 anos ficará em casa até o resultado do exame médico

Por Mariana Muniz - Atualizado em 24 mar 2020, 18h53 - Publicado em 24 mar 2020, 18h19

Com sintomas suspeitos da Covid-19, o ex-senador Luiz Estevão, de 70 anos, conseguiu nesta terça-feira o direito de ir para prisão domiciliar temporária. Preso há quatro anos, ele cumpre a pena em regime semiaberto no complexo da Papuda, em Brasília. 

A decisão liminar foi concedida pelo ministro Rogério Schietti, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Na decisão, o ministro levou em consideração o dispositivo constitucional que determina ser dever do Estado proteger a vida e a saúde das pessoas privadas de liberdade, tendo em vista o quadro de saúde do ex-senador.

A decisão do ministro apenas mantém Luiz Estevão, condenado a 25 anos de prisão por peculato, estelionato e corrupção, em prisão domiciliar temporária até o resultado do exame e da análise da sua condição pelas instâncias inferiores.

Publicidade