Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Paulo Cezar Caju Por Paulo Cezar Caju O papo reto do craque que joga contra o lugar-comum

Vitória/Fluminense, um combinado melhor que a seleção do Brasileirão 2020

Podem chamar de nostalgia, do que for, mas essa foto de 1976 retrata, de forma incontestável, como o nível do futebol vem despencando

Por Paulo Cezar Caju Atualizado em 3 mar 2021, 18h16 - Publicado em 1 mar 2021, 12h02

Ronaldo Fenômeno ou Romário? Figueiroa ou Reyes? Leandro ou Carlos Alberto Torres? Vivo fugindo desses desafios, na verdade nessas tentativas de provocações. Mas o que seria das resenhas se não fossem essas brincadeiras. Ontem, por exemplo, estava trocando ideias com Dr. Rômulo, rubro-negro, a cruzeirense Maria Celinha, conselheira do Juventus, da Mooca, quando recebi pelo zap uma foto, de 1976, de um combinado montado entre Fluminense e Vitória para jogar um amistoso contra uma seleção estrangeira. Vencemos por 3×1. Abri o link, rimos juntos e, claro, surgiu o inevitável questionamento: PC, esse combinado é melhor que a seleção do Brasileirão 2020?

Não lembrava dos eleitos, conferi e apostaria todas as fichas no combinado. O grupo atual é Weverton, Fagner, Cuesta, Gustavo Goméz, Guilherme Arana, Edenílson, Gerson, Claudinho, Vina, Gabigol e Marinho. O combinado era Andrada, Carlos Alberto Torres, Joãozinho, Altivo e Rodrigues Neto, Carlos Alberto Pintinho, Rivellino e Dirceuzinho, Osni, Fischer e eu. Olha, um timaço! Podem chamar de nostalgia, do que for, mas essa foto retrata, de forma incontestável, como o nível do futebol vem despencando ao longo dos anos. Nessa época, a nossa querida revista PLACAR montava até três seleções se quisesse.

  • É bom deixar claro que no combinado foram escalados jogadores de apenas dois times, sendo um do Nordeste. O Osni, baixinho daquele jeito, seria barrado em todas as peneiras de hoje. Era um excepcional atacante! Não vou comparar jogador por jogador porque não tínhamos posições fixas. Por exemplo, eu, Rivellino e Dirceuzinho podíamos jogar tanto na ponta-esquerda quanto no meio. Imagine esse jogo no campo antigo, com as dimensões maiores!! Os velocistas iam cansar rápido, hein! Mas deixa para lá….me despedi dos amigos, entrei no Uber e abri a foto novamente.

    Estava totalmente mergulhado no túnel do tempo quando fui despertado pelo motorista, que me reconheceu: PC, desculpa incomodar, mas no seu time joga Gabigol ou Cláudio Adão? E a resenha continuou, afinal ela é o combustível do torcedor. Para fechar, os estaduais começaram e já ouvi uma pérola do comentarista: “O São Paulo é um time horizontal que tem um estilo de jogo vertical”. Como explicar?

    UOL Esporte Clube | Assine e acompanhe transmissões de grandes jogos e programas esportivos de onde você estiver.

    Continua após a publicidade
    Publicidade