Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Modo Avião Por Tatiana Cunha As dicas certeiras de turismo e os lugares incríveis do planeta para você planejar sua próxima viagem

Só 5% dos passageiros já ‘imitou’ Silvio Santos e fez sexo no avião

Pesquisa de site britânico com quase 12 mil pessoas revela que 30% dos entrevistados fez sexo com estranhos e 18% com comissários de bordo

Por Tatiana Cunha Atualizado em 30 jul 2020, 20h31 - Publicado em 28 mar 2018, 13h22

Silvio Santos, apresentador e dono do SBT

No último final de semana Silvio Santos bombou na internet depois de revelar em seu programa que já havia feito sexo num banheiro de avião.

Questionado por Mara Maravilha durante uma das atrações do Programa Silvio Santos de domingo, o apresentador não titubeou. “Eu já transei! No banheiro do avião, e é muito estreito. E a aeromoça batendo na porta: ‘Quem está aí?’. Eu: ‘Eu’. ‘Mas está sozinho?’. ‘Estou, estou’.”

Pois Silvio não está sozinho. Você já deve ter ouvido histórias de alguém ou de um conhecido que já disse ter entrado para o “Mile High Club”(o clube das pessoas que já fizeram sexo em aviões).

Mas a verdade é que este é um grupo muito seleto de pessoas. Pelo menos é o que revela uma pesquisa feita pelo site de relacionamentos britânico Saucy Dates e divulgada nesta semana.

O site ouviu 11.179 pessoas de todo o mundo, a maior parte no Reino Unido e nos EUA, e chegou à conclusão que apenas 5% de todos os entrevistados admitiu já ter feito sexo durante uma viagem de avião. Mas 78% das pessoas ouvidas revelou que gostaria de já ter tido esta experiência. E os demais 17% disseram não ter interesse.

A pesquisa revelou ainda outros números interessantes.

Assim como Silvio Santos, a maioria das pessoas que disse já ter feito sexo no avião escolheu o banheiro como cenário para a aventura. Os lavatórios foram o lugar número um, com 59%. Em segundo lugar ficou a própria poltrona em que estavam sentados, como revelaram 31% dos entrevistados. Já 9% dos que admitiram ter feito sexo num avião disseram ter “resolvido o problema” nos corredores da aeronave ().

E, para surpresa geral da nação, 1% disse ter usado o cockpit como “ninho de amor”, o que significa que o piloto ou o co-piloto estava envolvido (ou seriam os dois?!). Neste caso, porém, a maioria dos entrevistados disse que estava em um jato particular e não num voo comercial (respiramos aliviados, hahahaha).

Mas e esse povo não foi pego como o Silvio, surpreendido pela comissária, em pleno ato?

Bem, apenas parte dos “aventureiros” disse ter sido interrompido. Dos que usaram o cockpit, 27% admitiram ter sido surpreendidos, contra 21% dos que estavam nos corredores, 14% dos que ficaram nas próprias poltronas e 13% dos que escolheram os banheiros (foto acima).

E aí você se pergunta: mas com quem este povo estava sassaricando pelos ares? Calma que os pesquisadores também fizeram esta pergunta. Bem, 37% dos entrevistados disse que escolheu o parceiro/parceira para fazer sexo no avião. Já 30% sucumbiram à tentação na hora e transaram com estranhos.

“Eu ouvi a comissária conversando com a amiga e dizendo que ela não fazia sexo há muito tempo e que tinha terminado com o namorado. Eu comecei a dar em cima dela e finalmente ela me perguntou se eu queria ir ao banheiro fazer sexo, mas disse que não tinha tempo para brincadeiras…”  

Homem, 39 anos, Cleveland, EUA

Continua após a publicidade

Comissários de bordo foram “alvo” de nada menos que 18% dos entrevistados pelo site britânico. E amigos foram a solução encontrada para 15% dos passageiros ouvidos pela pesquisa.

“Foi muito divertido. Eu fiz com o cara que estava sentado ao meu lado. Estávamos conversando há algum tempo já e ele simplesmente me perguntou se eu topava. Fomos cuidadosos ao ir ao banheiro e, por sorte, o avião estava escuro porque era um voo noturno”

Mulher, 24, Huddersfield, Reino Unido

 

Quer detalhes destas experiências? Pois bem, a pesquisa revelou alguns…

Os voos noturnos foram escolhidos por 68% dos passageiros para fazer sexo durante a viagem, enquanto que 32% escolheram os voos realizados durante o dia mesmo.

Os voos mais longos e com aviões maiores tiveram preferência também, já que 55% dos entrevistados revelou que fez sexo num avião com dois corredores. Os outros 45% dos passageiros estavam em aviões menores, com apenas um corredor entre as poltronas. Entre os aviões mais populares estão o Boeing 747, o Boeing 777, o Boeing 787 e o Airbus A380.

“Eu e meu amigo, que é comissário de bordo queríamos fazer isso há um bom tempo já. Quando tivemos a chance não perdemos tempo”

Mulher, 25, Nova Delhi, Índia

Não satisfeitos com essas informações, os pesquisadores foram atrás de mais detalhes. Perguntaram com qual empresa aérea os passageiros viajavam quando fizeram sexo. Entre as mais citadas estão American Airlines, British Airlines, United, Delta, Easyjet, Emirates, Qatar, AirCanada, RyanAir e, ironicamente, Virgin.

“Eu estava namorando a comissária de bordo e estávamos voltando pra casa juntos quando ela perguntou se eu queria ir até o banheiro com ela. Decidimos correr o risco, mas outra comissária acabou batendo na porta e nos flagrou”

Homem, 22 anos, Dallas, EUA

Para terminar o estudo, os pesquisadores fizeram mais duas perguntas nada discretas: quanto tempo durou a relação sexual no avião e você foi pego? Para a maioria dos entrevistados a resposta foi dez minutos. E 86% dos entrevistados disse ter conseguido “concluir o trabalho” sem nenhuma interrupção de comissários ou outros passageiros.

Vale lembrar que a pesquisa é apenas uma pequena amostra, já que estima-se que 4 bilhões de pessoas viajaram de avião no ano passado, de acordo com a IATA, a Associação Internacional de Transporte Aéreo.

(Os relatos de passageiros contidos no post foram colhidos pela Saucy Dates e divulgados com o resultado da pesquisa)

 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade