Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os cinco lugares a que já fui… e não pretendo mais voltar!

Apesar de sempre tentar dar uma segunda chance aos lugares que não gosto, estes cinco destinos estão fora da minha lista de desejos

Antes de começar, vamos deixar claro que gosto não se discute.

O que é bom, bonito ou legal para mim, não necessariamente é pra você, e vice versa.

Dito isso, faço uma pergunta… Você já foi a algum lugar que detestou e que jurou de pés juntos que jamais voltaria?

Eu sim. Foram poucos, muito poucos para dizer a verdade.

Mesmo quando não gosto de algum lugar que visito, tento dar a ele uma chance. Como seria se o dia estivesse mais bonito? Será que na alta temporada é mais legal? Talvez eu já esteja cansada de ficar longe de casa e esteja vendo tudo com um olhar muito crítico…

Mas tem alguns lugares que não tem jeito. O santo não bate e eles não descem de jeito nenhum.

Não vou dizer que jamais voltaria a eles porque a gente nunca deve dizer nunca, certo? Mas que eu, de livre e espontânea vontade e de sã consciência, não pretendo colocar meus pés nestes lugares outra vez isso eu posso assegurar.

Demorei bastante para chegar a este top 5 de lugares que não desejo voltar porque, como eu falei, sou “facinha” pra gostar de cidades novas. Mas, aqui vão eles, em ordem aleatória 😉

 

1. Bahrein

Pra falar a verdade só lembrei que o Bahrein existia _e que já fui pra lá diversas vezes_ porque recentemente um amigo me disse que iria para lá a trabalho e queria dicas do que fazer durante sua estadia. Hahaha. Foi exatamente isso que disse a ele, porque pra se fazer por lá não há muita coisa (pra não dizer nada). O Bahrein é uma ilha que fica entre o Catar e a Arábia Saudita e que basicamente é composta de petróleo e areia. Muita areia. Muuuuuita. Tirando a água bonita do mar em alguns locais, a paisagem é monocromática. Bege. Seja pela areia que está por todos os lados ou pela cor das construções. Como disse ao meu amigo, há duas coisas para se fazer por lá: ir a um dos shoppings, que são gigantes e caros, ou torcer para seu hotel ter uma bela piscina que você possa aproveitar. Fora isso o melhor lugar do Bahrein é o aeroporto, se é que vocês me entendem…

 

2. Jersey

Das duas uma: ou você acha que eu tenho muito dinheiro e fui a Jersey abrir uma conta num paraíso fiscal ou está se perguntando que diabos eu fui fazer nesta ilha no Canal da Mancha. Pois bem, até hoje me pergunto o que fui fazer neste fim de mundo… Resumindo a história, estava visitando minha irmã, que morava em Paris na época, e fomos para o norte da França passar alguns dias de férias. Ela sugeriu que fossemos a Jersey de ferry e eu topei. Além de não ter encanto algum, a faixa etária da população local é, digamos, bem elevada. Até passeamos por alguns “pontos turísticos”, mas nada que tenha me chamado a atenção. Ou seja, se não for para depositar ou sacar dólares por lá, não recomendo Jersey para ninguém.

 

3. Mokpo

Tirando alguns dos mais belos pores do sol que já vi, não vi mais nada que me atraísse em Mokpo, cidade portuária que fica no sul da Coreia do Sul. Depois de conhecer Seul, uma cidade moderna e vibrante, não imaginava que encontraria um lugar tão mortinho como Mokpo. Pra se chegar lá é preciso pegar um trem bala na capital coreana. São mais de quatro horas de viagem até chegar ao fim do mundo. Ops! Quero dizer Mokpo. A cidade tem três portos que servem para comércio, pesca e ferries. Só existe um hotel de verdade na cidade. O resto são motéis. Estive em Mokpo algumas vezes para cobrir o GP da Coreia de F-1 e, como não havia hotéis (apenas os pilotos e chefes de equipe conseguiram quartos no tal hotel), todos nós tivemos que ficar hospedados nos motéis. As histórias que ouvi eram bizarras. Gente que chegou no quarto durante o dia e encontrou um casal usando a cama, barulhos bizarros vindo de quartos vizinhos, isso sem falar nos espelhos, “brinquedos” e canais nada convencionais de TV. Não espere comer como um rei por lá porque os restaurantes não são dos melhores. Sempre acabávamos no WaBar, comendo pipoca e tomando um drinque.

 

4. Délhi

Já falei bastante sobre minha experiência na Índia neste post aqui. Mas sinto dizer que Délhi entra com facilidade na minha lista de cidades que não desejo voltar. Além de caótica e barulhenta, a cidade é suja e a pobreza está por todos os lados. Sendo brasileira, infelizmente estou acostumada a ver gente pedindo dinheiro nas esquinas e pessoas vivendo em péssimas condições pelas ruas. Mas ainda assim o que vi em Délhi me chocou. Crianças brincando em pilhas de lixo, pessoas e animais bebendo água de esgoto e por aí vai. Isso sem falar no trânsito. Basta olhar aí em cima o vídeo que fiz durante uma das minhas visitas à cidade pra se ter uma ideia (A foto no começo do post também é de lá). Talvez outras cidades da Índia não sejam assim. Só estive lá e em Agra, onde fica o Taj Mahal. Mas posso dizer que já tive minha dose de Délhi. E foi mais que suficiente para não querer mais voltar.

 

5. Atlantic City

Imagine uma Las Vegas decadente e que não deu certo. Assim é Atlantic City. Ou era, porque fui faz bastante tempo e graças a Deus nunca mais voltei. Enquanto Vegas é super kitsch e todo mundo que conheço que já foi adora, Atlantic City é o oposto. Achei a cidade brega, sem classe e fake. Tá, eu disse lá no começo do post que sempre tento dar uma segunda chance aos lugares, talvez tenha sido o fato de eu ter ido no frio e a cidade estar deserta, ou o fato de alguns cassinos estarem às moscas e não haver quase nada aberto tenha me influenciado. Mas não pretendo pagar pra ver outra vez…

E você, quais são os lugares que não pretende mais visitar?

 

Veja também

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. André Bonfim

    Salvador na Bahia muita insegurança

    Curtir

  2. Laila Tomazoni

    Miami,com certeza, no maximo para uma escala no aeroporto.😞

    Curtir

  3. Olha só, cansada de ficar longe de casa com tantas viagens, RICA!!!

    Curtir

  4. Ricardo Galván

    Achei o texto de uma pobreza de espírito gigante. Qualquer lugar tem muitas mais formas de ser explorado do que uma pessoa sozinha consegue. De repente falta conhecer mais gente que traga inspiração, porque se TODAS as pessoas que a autora conhece adoram Vegas, aí fica difícil.

    Curtir

  5. vc ja foi em Georgetown na Guiana?

    Curtir