Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Arthur Virgílio avisa PSDB: ‘Não desisti de disputar as prévias’

Sem falar de Geraldo Alckmin, prefeito de Manaus critica escolha de candidato tucano por 'minoria' e reafirma a intenção de concorrer ao Planalto

Por Guilherme Venaglia 29 nov 2017, 17h57

A pré-candidatura de Geraldo Alckmin à Presidência da República, fortalecida depois do governador de São Paulo se tornar candidato único ao comando do PSDB, ainda não é unanimidade, com ao menos um outro nome querendo disputar com ele a vaga. O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, que anunciou a VEJA em setembro a intenção de suceder Michel Temer (PMDB), divulgou mensagem em suas redes sociais avisando: “Eu não desisti de disputar as prévias do PSDB”.

Fora das pesquisas de opinião, a pré-candidatura do prefeito manauara não deu até agora sinais de que poderia engatar e representar o tucanato no próximo pleito. De qualquer forma, ele convoca 1.200.000 militantes tucanos, segundo suas contas, a se levantarem e exigirem voz na escolha do candidato.

  • “Você tem que vir a luta para dizer que você não tem menos direito de votar em uma prévia para presidente da República que um deputado federal, um senador, um dignitário ou uma pessoa de sobrenome pomposo. Nós queremos que o PSDB mergulhe no povo, então tem que mergulhar em você”, afirmou.

    Assista ao vídeo divulgado pelo prefeito de Manaus

    A ida de Aécio Neves para o ostracismo após o caso JBS, o silêncio de José Serra e a queda de João Doria nas pesquisas fizeram com que Alckmin se tornasse o nome principal do PSDB para as eleições de 2018. As articulações para que Tasso Jereissati e Marconi Perillo desistissem de disputar o comando do partido em favor dele foram a cereja do bolo. No que depender de Virgílio, no entanto, ele ainda pode ter que disputar mais uma etapa antes de se lançar ao Planalto.

    Continua após a publicidade
    Publicidade