Clique e assine a partir de 8,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Virou piada

“Quando eu cheguei aqui na Assembleia o dr. Barradas me ligou e disse para eu me preocupar com as emendas, Ele disse: ‘Adriano, você está chegando, toma cuidado com a liberação de emendas para que não haja desvio de finalidade, de recursos.’ Foi um conselho de amigo.” Adriano Diogo, deputado estadual do PT de São […]

Por Augusto Nunes - Atualizado em 31 jul 2020, 10h30 - Publicado em 13 out 2011, 18h27

“Quando eu cheguei aqui na Assembleia o dr. Barradas me ligou e disse para eu me preocupar com as emendas, Ele disse: ‘Adriano, você está chegando, toma cuidado com a liberação de emendas para que não haja desvio de finalidade, de recursos.’ Foi um conselho de amigo.”

Adriano Diogo, deputado estadual do PT de São Paulo, sobre o alerta que recebeu do secretario estadual de Saúde Luiz Roberto Barradas Barata, morto em 2010.

“Infelizmente não posso arrolar como testemunha o Barradas, só se for pelo Supremo Tribunal Celestial.”

Campos Machado, líder do PDT na Assembleia Legislativa de São Paulo, fazendo piada com a roubalheira que enriquece a turma porque todo condenado à impunidade perpétua ri à toa.

Publicidade