Clique e assine a partir de 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Dupla do barulho

Ciro Gomes confunde covardia com coragem

Por Augusto Nunes - 19 mar 2020, 07h33

“Cid é um herói. Estava lá desarmado, tentou negociar, levou um soco no rosto. Quis usar a retroescavadeira para derrubar um portão. Tinha gente atrás do portão, mas quem foi a vítima? Se a gente não tem coragem de lutar, vamos ter pelo menos a decência de respeitar quem tem”. (Ciro Gomes, eterno candidato derrotado à Presidência da República, afirmando que nada é mais corajoso do que levar um soco no rosto, avançar com uma retroescavadeira sobre um bando de policiais em greve e levar dois tiros no peito)

Publicidade