Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Presente de Natal

“Acho que mais do que qualquer declaração valer dizer: olhem o que eu fiz, até hoje, no governo”. Nelson Barbosa, ministro da Fazenda, no Estadão deste domingo, fazendo questão de estragar o Natal e perturbar o Ano Novo dos brasileiros com o convite para que lembrem o que já fez e imaginem o que pretende fazer.

Por Augusto Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 23h48 - Publicado em 20 dez 2015, 18h31

“Acho que mais do que qualquer declaração valer dizer: olhem o que eu fiz, até hoje, no governo”.

Nelson Barbosa, ministro da Fazenda, no Estadão deste domingo, fazendo questão de estragar o Natal e perturbar o Ano Novo dos brasileiros com o convite para que lembrem o que já fez e imaginem o que pretende fazer.

Publicidade