Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O circo armado por Lula tem um culpado no picadeiro

O ex-presidente que, ao contrário de Vargas, saiu da história para cair na vida, não tem álibis nem atenuantes para os muitos crimes que cometeu

É compreensível que Lula e sua trupe de bacharéis tenham feito o diabo para adiar até o fim dos tempos o primeiro encontro com Sérgio Moro. E foi tão previsível quanto a mudança das estações do ano a tentativa do bando, tão logo se consumou o fiasco da tentativa de fuga, de transformar Curitiba em picadeiro, tribunal em palanque e depoimento de réu culpado em discurseira de perseguido político de botequim.

O ex-presidente que, ao contrário de Getúlio Vargas, saiu da história para cair na vida, não tem álibis nem atenuantes para os muitos crimes que cometeu. Sobretudo por isso, o que está em curso nesta quarta-feira não pode ser reduzido a um duelo entre um defensor da Justiça e um fora da lei. O que se vê é o confronto entre dois brasis. De um lado, está escancarado o Brasil do passado, uma velharia agonizante que até agora só condenava os lulas à perpétua impunidade. Do outro lado se vislumbra o Brasil do futuro, que está nascendo graças à Lava Jato. Neste país em trabalhos de parto, todos são iguais perante a lei.

O circo armado por Lula para escapar de punições judiciais merecidíssimas transformou em certeza a suspeita que vinha crescendo entre jornalistas do mundo inteiro: o ex-presidente que se fantasia de pai dos pobres é o chefe do maior esquema corrupto da história. O depoimento de hoje vai aguçar, entre os que conhecem as duas ofensivas contra a impunidade institucionalizada, a sensação de que a Lava Jato tem tudo para ir muito além das fronteiras expandidas pela Operação Mãos Limpas.

A imprensa italiana, por exemplo, tem tratado como reprise de quinta categoria as reações desesperadas, patéticas ou apenas ridículas dos políticos envolvidos até o pescoço nas bandalheiras. É coisa de cobra mal matada. É medo de cadeia, hoje epidêmico entre a turma do foro privilegiado.

O que nenhum jornalista de qualquer país entende é a proteção oferecida por ministros do Supremo Tribunal Federal a bandidos de carteirinha. Por que, em vez de estender-lhes a mão, o STF não ajuda a manter algemados os pulsos dos ladrões irrecuperáveis? Essa é a pergunta que mais tenho ouvido na Itália. Essa é certamente a pergunta que se fazem neste momento milhões de brasileiros decentes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. De há muito tempo temos um STF de “Quatro” diante de figurões a quem tem que pedir sua benção para serem nomeados.Dá nisso!! Todos devendo favores para muitos,é triste e o pior é ouvir o Gilmar falar que são “Supremos” no que cara pálida?

    Curtir

  2. Pois é, ele disse q acertaram a jararaca no rabo, não na cabeça.
    Uma noite, não muito distante, o jararaca acordou e mordeu sua companheira, q agora leva culpa de tudo.
    Se fosse eu mandava exumar a companheira e fazer exame toxicológico!!!

    Curtir

  3. Maria Emilia Martins de Lima

    Simples, Augusto, cada um sabe o que fez e o risco de ser descoberto na próxima delação. Por isto tem tanta gente dando bandeira…

    Curtir

  4. jose jorge rodrigues lopes

    O stf é assim por que é composto de prepostos.

    Curtir

  5. Palmelo News

    muita coerência o texto – Bolsonaro 2018

    Curtir

  6. Ulisses Queiroz

    Não há o que comentar. Falou tudo !!!

    Curtir

  7. Antonio Carlos da Fonseca Prestes

    Ótimo resumo analítico da situação. O que dá pena é o Reinaldo Azevedo, seu colega de Veja ficar delirando só para satisfazer seu Ego incontrolável. Eu acompanhava normalmente os posts do Reinaldo. Agora está de enjooar. É lógico que ele vai falar de direita Xucra etc. ora, por mim que se dane Psdb, pt , Pmdb ou afins. Mas o Ego do rapaz está precisando TERAPIA.

    Curtir

  8. O corporativista

    A máfia, se tornou um modus operandi de governo, e ele diz que, não é responsável, por levar um bandido para o gabinete presidencial e ainda fala em se candidatar novamente? Só um povo, burro, medíocre e esquizofrênico, pode ver nessa figura algo bom!

    Curtir

  9. Os empreiteiros falaram sobre um apartamento para Lula, até por meio de mensagens escritas, mas Lula não tem culpa de os amigos apenas desejarem lhe dar um presente surpresa.
    Ele visitou o apartamento, sua esposa escolheu coisas para o apartamento, mas Lula não tem culpa de fazerem dele e sua esposa decoradores de apartamento de empreiteira.
    O zelador do prédio disse que viu Lula visitando o apartamento, mas Lula estava apenas prestando um favor às empreiteiras, pois Lula apenas foi ver como estava a obra. Ele é um grande especialista em arquitetura.
    Este apartamento não está em nome de Lula, está em nome de alguma construtora ou empreiteira, mas Lula visitou o apartamento para fazer o quê? Prestar serviços de assessoria em engenharia civil?
    E quem fez o Lula visitar o apartamento é possivelmente um empreiteiro encrencado em corrupção ao nível dos bilhões de reais. E alguns deles já disseram que o apartamento era para Lula, ou seja, de Lula.
    Mas, afinal, por que alguém daria tão desinteressadamente um triplex para um ex-Presidente da República?
    Alguma Medidas Provisórias, por exemplo, mas não só no governo Lula, parecem ajudar certos amigos que dão presentes caros.

    Curtir

  10. O STF é uma grande decepção nacional. Dele, só ganha em ruindade o Congresso e o PT. Ou seja, a nação está órfã.

    Curtir