Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Casa do Horror

“Foi acatada a inépcia da representação contra Marco Maia, pois ficou claro que ele não sabia de nada”. Júlio Delgado, deputado federal da base alugada, setor PSB, guichê de Minas Gerais, 4° secretário da Câmara, ao explicar por que arquivou a  representação do PPS contra o presidente Marco Maia, que incumbiu a Polícia Legislativa de […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 10h30 - Publicado em 12 out 2011, 01h30

“Foi acatada a inépcia da representação contra Marco Maia, pois ficou claro que ele não sabia de nada”.

Júlio Delgado, deputado federal da base alugada, setor PSB, guichê de Minas Gerais, 4° secretário da Câmara, ao explicar por que arquivou a  representação do PPS contra o presidente Marco Maia, que incumbiu a Polícia Legislativa de intimidar quem se atreva a testemunhar contra parlamentares, confirmando que a Casa do Horror tem a mesa diretora que merece.

Publicidade