Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Artistas no palanque

“Temos  muitos atores importantes”. Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência e caixa-preta do PT, explicando que, para que Lula não tenha de carregar sozinho a candidatura de Fernando “Três por Cento” Haddad a prefeito de São Paulo, o partido vai mobilizar o elenco de artistas que inclui canastrões de drama mexicano como Aloízio Mercadante, guerrilheiros de […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 09h13 - Publicado em 30 mar 2012, 01h11

“Temos  muitos atores importantes”.

Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência e caixa-preta do PT, explicando que, para que Lula não tenha de carregar sozinho a candidatura de Fernando “Três por Cento” Haddad a prefeito de São Paulo, o partido vai mobilizar o elenco de artistas que inclui canastrões de drama mexicano como Aloízio Mercadante, guerrilheiros de chanchada como José Dirceu e dezenas de figuras carimbadas especializadas no papel de bandido de faroeste classe B ou filme policial de quinta categoria.

Publicidade