Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Agora vai

“Chegou a hora do Brasil dar um basta a este crime que ainda insiste em corroer nossas entranhas. Não vão ser o emocionalismo nem tampouco a caça às bruxas que irão fazer isso. Muito menos a complacência, a ingenuidade ou o conformismo. Chegou a hora de firmarmos um grande pacto nacional contra a corrupção, envolvendo […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 02h26 - Publicado em 19 dez 2014, 16h52

“Chegou a hora do Brasil dar um basta a este crime que ainda insiste em corroer nossas entranhas. Não vão ser o emocionalismo nem tampouco a caça às bruxas que irão fazer isso. Muito menos a complacência, a ingenuidade ou o conformismo. Chegou a hora de firmarmos um grande pacto nacional contra a corrupção, envolvendo todas as esferas de poder. Esse pacto vai desaguar na grane reforma política que o Brasil precisa promover”.

Dilma Rousseff, na cerimônia da diplomação, informando que, se a oposição parar de se opor e a imprensa parar de divulgar bandalheiras federais, todos os corruptos que protegeu no primeiro mandato serão presos quando começar o segundo.

Publicidade