Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

“Mortal loucura sem cura” e outras cinco notas de Carlos Brickmann

Os procuradores não podem renunciar a uma investigação, a menos que se demitam. É o trabalho para o qual foram designados, ponto

Publicado na coluna de Carlos Brickmann

Para os romanos, um poeta (“vate”) tinha dons divinos, entre eles o de prever o futuro – “vaticínio”. Parece que tinham razão: um monumental poeta brasileiro, falecido num final de novembro há 320 anos, é o autor de Mortal Loucura) – poema que, com música de José Miguel Wisnik, na voz de Maria Bethânia, foi a trilha sonora de Velho Chico. Até isso ele previu!

A loucura começa pelo presidente da República, que considera “um fatozinho” a pressão de um ministro para obrigar outro a desconsiderar uma lei para poder construir um apartamento em Salvador. Continua pelo Congresso, que tenta votar disfarçadamente uma anistia imoral, bem quando todo mundo está prestando atenção; e culmina com promotores da Lava Jato ameaçando renunciar se a lei anticorrupção que sugeriram (e que é discutível) não for aprovada do jeito que querem. “Quem do mundo a mortal loucura… cura”, diz o poeta. Os procuradores não podem renunciar a uma investigação, a menos que se demitam. É o trabalho para o qual foram designados, ponto. Empenhar-se menos seria fazer o jogo de quem quer escapar das investigações – que não ficariam tristes se os procuradores renunciassem à Lava Jato. E não é função de procuradores, por mais razão que tenham, dar ordens ao Congresso e ao presidente da República.

Agora entram no Supremo cerca de 80 delações da Odebrecht. Quando haverá denúncias e julgamentos? “Será no fim dessa jornada… nada”.

 

Mistérios mil que desenterra…

Parecia impossível, mas possível foi: Renan Calheiros se torna réu e será julgado pelo Supremo, que recebeu a denúncia de peculato. O presidente do Senado é acusado de pagar a pensão de uma filha que teve fora do casamento, com dinheiro fora dos trâmites legais, que recebia de uma empreiteira. Tão logo o caso se tornou conhecido, Renan admitiu que tinha a filha, a mãe da filha falou sobre o caso (e posou para Playboy), sabia-se qual era a empreiteira, conhecia-se o portador dos pixulecos mensais. O caso chegou ao Supremo em 6 de agosto de 2007. Passaram-se nove anos até que a denúncia fosse aceita. E ainda falta o julgamento.

 

… enterra

A Odebrecht é organizadíssima, e a organização se estende ao ramo de pagamentos descentralizados. Há informações completas sobre o pixuleco, seus destinatários, entregador, receptor, local e horário da entrega. Com assustadora frequência a entrega é fotografada ou filmada – a Odebrecht sabia com quem lidava. Pois bem: se no pixuleco romântico para Renan já se sabia de tudo, com nomes e quantias, e o caso levou mais de nove anos para chegar à aceitação da denúncia, quanto tempo levará para processar o tsunami de documentos e chegar ao mesmo estágio? Há gente imaginando até que se trate de uma estratégia da defesa da Odebrecht: fornecer todas as informações possíveis e soterrar o Supremo com o excesso de trabalho.

 

Quem do mundo a mortal loucura… cura

Este colunista conheceu o jornalista Perseu Abramo nas redações. Jornalista meticuloso, atento aos detalhes, estudioso (formou-se também em Sociologia, fez mestrado), dono de excelente memória e texto esmerado. Nos tempos pré-Google, era a ele que se recorria para refrescar a memória. Era também a ele que se dirigia quem tinha dúvidas sobre grafia correta ou questões de gramática. O jornalista Gilberto di Pierro, Giba Um, até hoje, vinte anos após a morte de Perseu Abramo, ainda se queixa da falta que lhe fazem a cultura, a memória, a boa educação e a paciência do amigo ao elaborar sua coluna diária.

E quem é que o PT coloca como presidente do Conselho Curador de sua Fundação Perseu Abramo? Sim: Dilma Vana Rousseff. Voltando a nosso poeta, “O voz zelosa que dobrada… brada”.

 

Da morte ao ar não desaferra…

A posse como presidente da Fundação Perseu Abramo foi o último compromisso de Dilma Rousseff no país. Em seguida, iria para Cuba com o ex-presidente Lula, para prestar as últimas homenagens a Fidel Castro. As cinzas de Castro partem de Santiago de Cuba (onde está o túmulo de Che Guevara, seu companheiro de revolução) e farão um circuito pelo país.

 

… aferra

É uma bonita atitude de Lula e Dilma: mesmo enfrentando problemas, não esqueceram do amigo. Mas outro amigo, que fisicamente esteve muito mais próximo de ambos, que enfrenta a pior fase de sua vida, não mereceu a honra de uma visita dos amigos: é José Dirceu, que Lula chamava de “capitão do time”, que chamou Dilma de “companheira de armas”. Dirceu está preso desde 3 de agosto de 2015, condenado a mais de 20 anos de prisão e com processos ainda correndo. Apesar da pena pesada, Dirceu lembrou dos amigos e se recusou a fazer a delação premiada. O comando do PT, Lula e Dilma incluídos, o deixou abandonado na prisão de Curitiba.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Adilson Nagamine CG.naRua

    Botar a Rena n do Lulla Noel na rua da amargura, vai pra rua. Adilson Nagamine

    Curtir

  2. Comentado por:

    toninho

    kkkkkk. Este poeta está se revirando no tumulo. Vai ter que aprender Dilmes para se acalmar isto se sua fundaçao nao acabar antes “sob nova direçao”. Zé dirceu quero que exploda. Tambem deixou muita gente para tras. amigos, esposa, bandidos etc. SÒ nao faz delaçao premiada porque nos erros dos outros estao os seus proprios

    Curtir

  3. Comentado por:

    Guina

    Só quem não presta atenção nos discursos do crápula do Lula, não percebe as contradições nas suas falas e, sobretudo, nas suas atitudes em relação ao que diz. Quanto a ir a Cuba, dá mais repercussão, do que visitar José Dirceu. Além disso, tem que plantar para colher: vai que, um dia qualquer, resolva pedir asilo…

    Curtir

  4. Comentado por:

    CLAUDIUS

    O Autor é Gregório de Matos.

    Curtir

  5. Comentado por:

    Paraense

    Como já dito antes, Lula não é de esquerda, direita, centro, ou qualquer outra coisa.
    Lula é um grande farsante, só cuidando da sua condição pessoal.
    Dirceu, Vacari ou qualquer outro ? Danem-se, desde que ele – Lula – escape.

    Curtir

  6. Comentado por:

    Sophia K.

    Preferiram o ditador do Caribe aos mortos da arena Condá…

    Curtir

  7. Comentado por:

    markito-pi

    Permita-me Carlinhos, só para apimentar um pouco tuas notas. Lula e Dilma jamais visitarão Zé Dirceu, e nem o tratam como amigo; Zé NUNCA eve amigos. Lula e Dilma eram apenas seus estafetas políticos, para o bem( raro) e para o mal(sempre).Colocar a anraroussef na presidencia do Instituto Perseu, apenas volta à simetria. Se vivo, Perseu recusaria aos berros esta suposta honraria.Colocar uma anarfa para “dirigir” a sinecura, apenas xinga a memooria do idelista Perseu. É, a rigor, um preço muito baixo que Perseu paga(in memoriam) por ter acoitado e protegido a nefasta Irede Cardoso.

    Curtir

  8. Comentado por:

    Fausta

    Pois é, onde Dilma e Lula mais se identificam um com o outro, é exatamente nas características morais de ambos. Os dois , além de iletrados, são falsos, cínicos, desleais, e muito mais! José Dirceu, é comprovadamente um gangster mas, em todo este tempo que está preso, jamais abriu a boca para denunciar um e outro. Não se sabe porque não o faz ,mas pode até ser que não fale tudo aquilo que sabe sobre os dois , por lealdade ou gratidão. Uma outra hipótese, seria porque tem medo; mas medo de que? Mais do que da prisão? Está mais seguro na cadeia, do que em casa? Quem tanto o amedronta??? Vai saber!!!

    Curtir

  9. Comentado por:

    MORAIS

    Seu texto é digno dos grandes eruditos Perseu e Gregório. Dá muito prazer em ler estas notas do C.B., apesar de minha leiguice. Parabéns, pelas notas e pela sugestão aos Procuradores.

    Curtir

  10. Comentado por:

    URNAS eletrônicas FRAUDADAS

    Ver, claro, brilhante.obrigado

    Curtir