Trump elege seu novo inimigo: o poderoso Google

A teoria — sem pé nem cabeça, diga-se — de que o Google está ajudando a democrata Hillary não é nova e há meses circulam boatos nesse sentido na internet

O candidato republicano à Presidência americana, Donald Trump, elegeu mais um novo inimigo em sua campanha. O magnata — que já xingou imigrantes e muçulmanos, e insultou veteranos de guerra e mulheres — volta-se agora contra uma poderosa empresa americana, o Google. Durante um comício em Wisconsin [vídeo abaixo] nesta quarta-feira, Trump lançou mão de uma teoria da conspiração: o Google, segundo o republicano, está mantendo notícias negativas sobre Hillary Clinton longe de seus usuários.

A teoria — sem pé nem cabeça, diga-se — de que o Google está ajudando a democrata Hillary não é nova e há meses circulam boatos nesse sentido na internet. Tudo começou quando um vídeo no site SourceFed mostrou a função de preenchimento automático do motor de busca Google. O autopreenchimento apontava buscas favoráveis à Hillary. O Google, em nota, explicou que a função não tinha nada a ver com manipulação e era estritamente resultados dos algoritmos baseados em pesquisas anteriores.

Leia também
EUA: Campanha presidencial “tira a roupa” de Madonna e Katy Perry
Chamada de ‘gorda’ por Trump, ex-Miss Universo apoia Hillary

Quem venceu o 1º debate americano? Especialistas dão o veredito
Anúncio de Hillary mostra meninas ouvindo insultos de Trump

Quando os boatos sobre o “complô” do Google surgiram pela primeira vez, Trump não abraçou plenamente a teoria da conspiração, dizendo apenas que, se fosse verdade, seria “uma desgraça”.

(Da redação)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. A teoria tem pé e tem cabeça. O problema é que quando a gente não quer enxergar, a gente não enxerga. E não é só o Google, a maior parte da imprensa, dentro e fora dos EUA, também faz o mesmo.

    Curtir

  2. Micky Oliver

    Trump está certo! Sem pé nem cabeça uma ova! O Google deve está mamando nas tetas dos contribuintes americanos iguais as nossas empresas aqui com o PT!

    Curtir

  3. Não é mera teoria. Tem pesquisa associada.
    Pesquise no google: sputniknews google clinton

    Pesquisa relacionando termos mais buscados (de acordo com o google) e resultados do preenchimento automático mostram que o Google suprime termos negativos relacionados a Hillary Clinton

    Curtir

  4. Luiz Carlos Bittencourt

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Curtir

  5. Fransco de Amorim

    Ele está certo. Todos sabem que as pesquisas do Google são direcionadas por quem paga mais.

    Curtir

  6. Rubens Junior

    Parabens ao Google. Tudo vale para impedir esse demente de ganhar as eleicoes.

    Curtir

  7. Guilherme Henzel

    Veja só faz materias tendenciosas sobre o Trump, enquanto que quase todo dia tem uma elogiando a Hillary, mas todos sabem que isso caba sendo um tiro no pé…

    Curtir

  8. José da Silva Galvão Filho

    Por que li os comentários antes de expor o meu? Já que o fiz, dou-me por satisfeito.

    Curtir

  9. Felipe Atoline

    Não é teoria. Tanto é que muita gente não usa mais o google para temas “sensíveis” da esquerda. Recomendo duck duck go.

    Curtir