EUA: Piloto causa acidente aéreo intencional, dizem autoridades

Forças de segurança vão investigar se o piloto que causou o acidente tinha laços com terrorismo

O Conselho Nacional de Segurança no Transporte dos Estados Unidos informou nesta quarta-feira que há evidências apontando que um acidente aéreo de pequeno porte em East Hartford, em Connecticut, se deu por causa de um ato intencional e que estava transferindo a investigação para o FBI (polícia federal americana).

O avião bateu contra um poste e explodiu em chamas na terça-feira, matando um estudante de pilotagem, que controlava a aeronave, e deixando um instrutor com queimaduras graves. Uma autoridade de segurança nacional dos EUA identificou o estudante como Feras Freitekh. Segundo registros da agência federal de aviação, ele morava em Orland Hills, na região de Chicago, em Illinois, e conseguiu um certificado provisório de piloto no ano passado.

Leia também
EUA: policiais fazem ‘vídeo-palhaçada’ contra onda de palhaços
Onda dos ‘palhaços macabros’ faz nova vítima: Ronald McDonald
Vídeo: palhaço assustador é espancado na Austrália

A autoridade, falando sob condição de anonimato, afirmou que as forças de segurança examinariam se Freitekh tinha laços com terrorismo. A autoridade afirmou que Freitekh não era conhecido pelo setor de inteligência americano.

(Com agência Reuters)