Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Copa Davis: Japão abre 2 a 0 e deixa Brasil longe da elite

Derrotas de Guilherme Clezar e Thiago Monteiro em Osaka complicaram a equipe brasileira na repescagem da competição

A volta à elite da Copa Davis ficou bem distante para o a equipe de tênis do Brasil nesta sexta-feira. No dois primeiros jogos da série de repescagem, Guilherme Clezar e Thiago Monteiro foram derrotados pelos japoneses Yuichi Sugita e Go Soeda, respectivamente, no Utsubo Tennis Center, em Osaka. O Japão, portanto, abriu 2 a 0 no confronto e está a uma vitória de garantir presença no Grupo Mundial da Davis em 2018.

Já o Brasil precisa vencer todos os duelos restantes da série, a começar pela partida de duplas, em que Marcelo Melo e Bruno Soares vão encarar Ben McLachlan e Yasutaka Uchiyama à 1 hora (de Brasília) deste sábado. A série é disputada em quadra rápida.

Escolhido para substituir o lesionado Thomaz Bellucci após Rogério Dutra Silva recusar a convocação, Guilherme Clezar foi o primeiro brasileiro a entrar em quadra. O número 244 do mundo até fez jogo duro nos dois sets finais, mas perdeu para Yuichi Sugita, 42º colocado no ranking da ATP, por 3 a 0, com parciais de 6/2, 7/5 e 7/6 (7/5), em 2 horas e 30 minutos.

Logo depois, Thiago Monteiro, o número 116 do mundo, encerrou o dia ruim para o tênis brasileiro ao perder para Go Soeda, o (139º) em jogo equilibrado, por 3 sets a 2, com parciais de 3/6, 6/4, 6/3, 6/7 (1/7) e 6/4, em 3 horas e 41 minutos.

A seleção brasileira masculina de tênis nnão chega ao grupo mundial da Copa Davis desde 2015 e, em caso de nova derrota para o Japão, terá de retornar à disputa das classificações no continente americano.