Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Condenado, Lirio Parisotto ataca Luiza Brunet: ‘Patranheira’

'Atentem para o financeiro', escreveu o empresário em post no Instagram depois da condenação por agressão à ex-modelo

O empresário Lirio Parisotto foi condenado a um ano de serviços comunitários e de detenção em regime aberto e dois de vigilância pela acusação de ter agredido a ex-namorada Luiza Brunet, durante uma viagem a Nova York. Apesar da pena leve — Parisotto não irá para a cadeia — e de afirmar que “seria um prazer” prestar serviços à comunidade, o empresário não recebeu bem a sentença, proferida nesta segunda-feira pelo Tribunal de Justiça São Paulo. Em uma publicação no Instagram, chamou Luiza Brunet de “patranheira”, ou mentirosa, por, segundo ele, inventar uma “lesão num dedo” da qual foi absolvido ao longo do processo. A defesa do empresário já anunciou que irá recorrer da decisão desta segunda.

O processo teve início após Luiza Brunet ser vítima de grave agressão por parte do empresário em Nova York, durante uma viagem em maio do ano passado. Na ocasião, a ex-modelo e atriz teve quatro costelas quebradas, além de lesão no olho esquerdo. Ela também acusou Parisotto de ter lesionado um dedo seu e de agredi-la em um passeio a barco. As duas últimas acusações não prosperaram por falta de provas, mas a agressão de Nova York foi aceita pela Justiça e Parisotto, responsabilizado por ela.

Luiza Brunet ainda entrou com uma ação pedindo a partilha parcial de bens, mediante o reconhecimento e a dissolução de união estável com o empresário. Por conta desse processo, em que pedia metade do patrimônio acumulado pelo empresário entre 2011 e 2016, período em que ela afirma que eles estiveram juntos, Parisotto acusa a ex-modelo de estar de 0lho em seu dinheiro. “Atentem para o financeiro”, escreveu o empresário no mesmo post no Instagram.

Luiza Brunet também fez uso da rede social para comentar a sentença. “Nestes últimos meses, aprendi mais sobre solidariedade. Recebi, de homens e mulheres, apoio e carinho com uma força enorme. A todos, minha imensa gratidão. Não foi fácil me expor, nem será apagar as marcas que a violência me deixou. Mas o que ontem foi vergonha e medo, hoje é força e uma certeza: seguir no combate à violência contra as mulheres. Dei um importante passo, tive coragem para mudar e sempre fiquei ao lado da verdade”, escreveu a ex-modelo.

Confira abaixo, na íntegra, o texto publicado por Parisotto perto da meia-noite desta segunda-feira:

“Relembrado velhas verdades:
Prometi que usaria este canal para esclarecer um episódio desagradável da minha vida, à meus seguidores, aqui esta:
Fui vítima de três acusações:
1) agressão num barco em viagem, na verdade eu que fui agredido a acusação não prosperou, muita cara de pau, muito obrigado Promotor Gaya;
2) lesão num dedo, considerada grave, acabei de ser absolvido, história sem nexo algum, mentiras de duas Patranheiras, muito obrigado Dra Juíza Elaine Cavalcante;
3) sobrou a suposta lesão em NY, foi considerada leve, ou seja a menor possível, mas ainda assim não condiz com os fatos, fui condenado a um ano de serviços comunitários, irei recorrer tenho certeza que a verdade prevalecerá. Aliás fazer serviço comunitário seria um prazer, já faço muita ajuda comunitária. Não vou me delongar no assunto, quem tiver interesse está tudo escrito nas datas deste triste episódio aqui neste canal, só conferir, nada mudei. Atentem para o financeiro. Portanto, muita paz e companheirismo, só assim o amor sobreviverá e vencerá. Adoro vcs, obrigado pela força.”

 

Relembrado velhas verdades: Prometi que usaria este canal para esclarecer um episódio desagradável da minha vida, à meus seguidores, aqui esta: Fui vítima de três acusações: 1) agressão num barco em viagem, na verdade eu que fui agredido a acusação não prosperou, muita cara de pau, muito obrigado Dr Promotor Gaya; 2) lesão num dedo, considerada grave, acabei de ser absolvido, história sem nexo algum, mentiras de duas Patranheiras, muito obrigado Dra Juíza Elaine Cavalcante pela lucidez e isenção que avaliou este caso; 3) sobrou a suposta lesão em NY, foi considerada leve, ou seja a menor possível, mas ainda assim não condiz com os fatos, fui condenado a um ano de serviços comunitários, irei recorrer tenho certeza que a verdade prevalecerá. Aliás fazer serviço comunitário seria um prazer, já faço muita ajuda comunitária. Este prazer terei até o fim da minha vida. Um privilégio poder ajudar pessoas que merecem. Não vou me delongar no assunto, quem tiver interesse está tudo escrito nas datas deste triste episódio aqui neste canal, só conferir, nada mudei. Atentem para o financeiro. Entendo que foi difícil para a Juíza me absolver totalmente, pois, trata-se uma queridinha da mídia, sempre disponível para dar a versão dela. Portanto, muita paz e companheirismo, só assim o amor sobreviverá e vencerá. Adoro vcs, obrigado pela força. 💋🍷💤👀

A post shared by Lirio A Parisotto (@lirioparisotto) on

Difícil dizer o que sinto. Mas é um dia que me deixa realizada, com o coração pacificado e uma sensação de ter ido no caminho certo. Não foi fácil me expor e conviver com as marcas dessa violência. Mas há algo maior. Este dia dia não é só meu – que atravessei esse doloroso caminho pessoal até aqui e precisei romper tantos medos. É um momento muito maior pelo que significa para tantas mulheres na mesma condição. Não existe aqui a Luiza. Existem mulheres. Existe a minha imensa felicidade pelo funcionamento da justiça. Dessa incrível Lei Maria da Penha. Não se calem mulheres. Vamos mudar essa situação. Não acaba aqui. Vocês me inspiraram sempre com seu apoio e sua força. E o que tenho a dizer se resume a uma palavra: gratidão. #CoragemPraMudar #NãoSeCale #UnidasSempre #Gratidão

A post shared by Luiza Brunet (@luizabrunetoficial) on

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Vilma Batista

    Depois desta, todos os velhos e milionários abrirão os olhos com La Brunet. Vai ficar difícil dar o golpe do baú de novo, e com a velhice chegando…

    Curtir

  2. Luiz Brunet não conseguiu botar a perseguida a juros por bem, agora tentará colocar por mal, via processo judicial para morder uma grana maior do ricaço….
    Lírio, como diz o ditado: “Não existe almoço grátis”….kkkkk

    Curtir

  3. nelson arantes

    Coitado deste senhor. Esta vagaba sabe que não vai conseguir dar outro golpe da perereca em mais ninguém na vida e vai esfolar o erário do sujeito. Mas por que não foi feito exame de corpo delito em NY, mesmo? Lá ela não ia conseguir a fortuna que lei brasileira permite a pistoleiras como ela, né mesmo?

    Curtir

  4. Quem esta defendendo esse idiota deve tratar mulher do mesmo jeito. Os iguais se defendem. Agora pergunto, se a agredida fosse sua mãe ou sua filha, sera que eles iriam defender o canalha ??? Quem esse cara pensa que e ??? Só pq tem dinheiro pode fazer o que quiser ??? Pegou pena leve. Deveria ficar uns bons 2 anos atras das grades. Quanto ao lado financeiro, nada de mais, normal. Não estavam vivendo uma relação estavel ??? Nesse periodo ele não ganhou dinheiro ??? Vai ter que dividir com ela, querendo ou não querendo. E bom para esses velhos se colocarem no lugar. Quem gosta de velho e reumatismo, não menininhas novinhas ou artistas e modelos famosas.

    Curtir