Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Caitlyn Jenner: ‘Bruce ainda vive em mim’

Ex medalhista olímpico assumiu a nova identidade em 2015

Caitlyn Jenner lançou no fim de abril seu livro de memórias, intitulado Secrets of My Life, em que fala sobre a sua transição de gênero. Em entrevista de divulgação do volume ao jornal britânico The Guardian, a ex-integrante do clã Kardashian falou que ainda mantém características de quando atendia pelo nome de Bruce Jenner. “Ele ainda vive em mim. Eu ainda faço um monte de coisas que o velho Bruce costumava fazer. Eu ainda piloto aviões e carros de corrida de vez em quando. Posso ter o melhor dos dois mundos.”

Caitlyn também contou que foi difícil abandonar Bruce. “Eu tive uma vida por 65 anos. OK? Eu gosto do Bruce. Ele era uma boa pessoa. Ele fez muito em sua vida. Oh, ‘Ele nem sequer existia’. Sim, ele existia! Ele trabalhou muito. Ele venceu os Jogos Olímpicos. Ele criou crianças incríveis. Ele fez um monte de coisas muito, muito boas e eu não quero jogar isso fora.”

Caitlyn nasceu William Bruce Jenner  e conquistou fama ao vencer a medalha de ouro no decatlo durante os Jogos Olímpicos de Montreal, em 1976. Em 1991, se casou com Kris Kardashian, sua terceira esposa e  mãe de Kim Kardashian. Juntos, eles tiveram duas filhas, Kendall e Kyllie Jenner. O divórcio dos dois aconteceu em 2015, mesmo ano em que Bruce assumiu em uma entrevista para a Vanity Fair que começou o processo de transição de gênero e estava mudando seu nome para Caitlyn.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    Depois de velho fica sem vergonha. Por isso a família é toda maluca. Esse politicamente correto tá uma chatice.

    Curtir

  2. Tatiana Costantinni Cohen

    Nojo

    Curtir

  3. Alberto Ahrens

    O que é nojo é dos heteros pensando que sao os donos do mundo e podem julgar todos! A ignoranca deles é enorme e nao tem condiçoes de conversar o que é correto e nao correto. A biologia está em sua contra…..mas que a ignoranca é tanto que eles mesmo nao sabem que estao na escala mais baixo da vida.

    Curtir