‘Aquarius’ é eleito 4º melhor filme do ano por revista francesa

Longa de Kleber Mendonça Filho entrou na tradicional lista da 'Cahiers du Cinéma'

A Cahiers du Cinéma, tradicional revista francesa especializada em cinema, elegeu Aquarius, do diretor Kleber Mendonça Filho, como o quarto melhor filme 2016. Nas três primeiras posições, à frente da obra nacional, estão a comédia alemã Toni Erdmann, o francês Elle, e o suspense dinamarquês Demônio de Neon.

A Cahiers du Cinema é considerada a principal revista sobre cinema no mundo, e publica todos os anos a sua lista com os melhores filmes. Em 2015, o eleito foi Minha Mãe, do italiano Nanni Moretti.

Confira a lista completa abaixo:

1. Toni Erdmann, de Maren Ade
2. Elle, de Paul Verhoeven
3. Demônio Neon, de Nicolas Winding Refn
4. Aquarius, de Kleber Mendonça Filho
5. Ma Loute, de Bruno Dumont
6. Julieta, de Pedro Almodóvar
7. Na Vertical, de Alain Guiraudie
8. La Loi de La Jungle, de Antonin Peretjatko
9. Carol, de Todd Haynes
10. Le bois dont les rêves sont faits, de Claire Simon

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Quarto melhor filme? Meu deus… imagine a qualidade dos concorrentes! kkkkk

    Curtir

  2. mario cesar pera

    Mas quem estará na indicação ao Oscar e O pequeno Segredo que vale muito mais. Isto e mais uma dessas escolhas corporativistas , basta ver na lista os outros três primeiros. Tudo coisa média. Gosto duvidoso. Ta na hora do Brasil parar de fazer filme de violência da periferia e sexo. Viva coisas novas no cinema.

    Curtir

  3. Já no início deste filme (aquarius) ,é transmitida uma ideia que que parece estamos voltando à época das pornochanchadas dos filmes brasileiros que para faturar alguma coisa e sem nenhuma arte, mostravam cenas libidinosas como arma para fazer sucesso(cena de sexo oral no inicio deste filme aquarius)!Os franceses que me perdoem:que mau gosto!!

    Curtir

  4. heron Malaghini

    A midia segue fazendo o possivel para emplacar essa droga de filme que insistência , porque sera em ???

    Curtir

  5. O DRAMA da demissão de Dilma tem produzido, no meio esquerdopata, muito TERROR, mas aqui e ali tem saído cada COMÉDIA… kkkkkkkk

    Curtir