Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Natureza violenta dos humanos foi herdada de ancestrais

Especialistas descobriram que o assassinato entre membros da mesma espécie pode estar profundamente enraizado na linhagem de macacos e 'Homo sapiens'

Os humanos são seis vezes mais propensos a matar uns aos outros do que outros mamíferos, apontou uma pesquisa divulgada na última quarta-feira na revista científica Nature. Segundo os pesquisadores espanhóis, desde quando nossa espécie evoluiu para humanos modernos, cerca de 2% das mortes de Homo sapiens foram ocasionados por outros Homo sapiens. Os especialistas buscavam responder à pergunta: por que os humanos matam uns aos outros? A resposta pode estar na evolução – e na cultura, segundo o estudo.

Ao utilizar uma análise com base na biologia evolutiva, os especialistas descobriram que o assassinato entre membros da mesma espécie parece estar profundamente enraizado na linhagem de macacos, símios e Homo sapiens. Para chegar nos resultados, os pesquisadores espanhóis reuniram dados relativos a mais de 4 milhões de mortes em 1.024 espécies de mamíferos atuais, assim como a mais de 600 populações humanas desde a Idade da Pedra, cerca de 50.000 a 12.000 anos atrás, até hoje.

“Não são só genes que herdamos de ancestrais, mas também as condições do ambiente”, disse José María Gómez Reyes

Depois de coletar as informações, a equipe analisou a proporção de mortes cometidas por membros da mesma espécie em diferentes mamíferos e realizou uma árvore evolutiva. O que os especialistas descobriram foi que os humanos estavam relacionados proximamente aos mamíferos que apresentaram os maiores níveis de propensão a matar uns aos outros.

A porcentagem média de assassinatos de membros da mesma espécie foi de 0,3%. Mas, quando o ancestral humano comum apareceu pela primeira vez, cerca de 200.000 a 160.000 anos atrás, a taxa foi de cerca de 2% – aproximadamente seis vezes maior que a média apresentada.

Leia também:

O luto no reino animal: uma história evolutiva
Primeiros humanos modernos podem ser tataranetos dos neandertais

De acordo com o estudo, isso sugere que “um certo nível de violência letal nos seres humanos surge a partir de uma posição dentro de um clado de mamíferos particularmente violento; ou seja, os seres humanos herdaram sua propensão à violência”, afirma o estudo. Um clado é o termo biológico para um grupo de organismos que descendem de um ancestral comum.

De acordo com o coautor do estudo José María Gómez Reyes, os novos dados mostraram que há um componente evolutivo para a violência humana, mas que eles podem ter sido influenciados por pressões ambientais para a sobrevivência. “O comportamento social e a territorialidade, dois traços comportamentais compartilhados com os parentes do Homo sapiens, parecem ter contribuído também para o nível de violência letal herdado nos humanos”. “Não podemos dizer que os 2% de violência letal foram herdados por fatores genéticos. Não são apenas genes que são herdados de ancestrais, mas também as condições do ambiente. Isso possivelmente influenciou a violência letal no nosso passado evolucionista”, disse o coautor ao britânico The Guardian.

Seres culturais

“Esse trabalho forneceu boas bases para acreditar que somos intrinsecamente mais violentos do que o mamífero médio”, disse o pesquisador Mark Pagel, da Universidade de Reading, que não fez parte da pesquisa, em um comentário sobre o estudo. De acordo com ele, os humanos são tão culturais que, com a evolução da nossa sociedade, a moral (que rejeita a violência) pode evitar que, simplesmente resolvamos nossos problemas matando outras pessoas. “As taxas de homicídio nas sociedades modernas – que têm forças policiais, sistemas jurídicos, prisões e atitudes culturais fortes que rejeitam a violência – são de menos de uma entre 10.000 mortes (ou 0,01%), cerca de 200 vezes mais baixas do que as previsões dos autores para o nosso estado natural”, relatou Pagel.

(Com AFP)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Reinaldo Favoreto Júnior

    macaco vê, macaco mata

    Curtir

  2. Marc Guima Olivei

    Por favor!!! Absutamente tudo que somos é herança dos ancestrais. Todas as caracteristicas fisicas/quimicabiologicasss são heranças obvias. Por favor!!!!!!

    Curtir

  3. Sergio Campos

    Pior é a filosofia humanista em moda divulgando que o homem é bom, deteriorando assim a educação e a socialização minima necessária. (o homem não é só violento, mas é mau em si mesmo; mata por motivos fúteis. O homem é o mamifero que mais mata os da propria espécie dentre toda a biosfera)

    Curtir

  4. Leandro Leduc

    Se houver um meio de herdar alguma coisa que não seja dos ancestrais…

    Curtir

  5. Só os scientistas ainda não sabiam.

    Curtir

  6. Robson La Luna Di Cola

    Quem ainda acredita em evolucionismo? Esta teoria idiota já foi desmoralizada Há muito tempo!!

    Curtir