Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Reforma política e ‘centrão’ nas manchetes de 10/08/17

Comissão da Câmara dos Deputados alterou sistema de eleição de parlamentares nesta madrugada

Debate sobre a reforma política e exigências do ‘centrão’ para aprovar a reforma da Previdência estão nas manchetes dos principais jornais do país nesta quinta-feira. Comissão da Câmara dos Deputados alterou sistema de eleição de parlamentares na madrugada, aprovando o distritão, em substituição ao atual modelo eleitoral, o proporcional. Para a Folha de S.Paulo, o texto pode ser derrubado no plenário. Parlamentares de 6 partidos criam frente para impedir aprovação de emenda, informa o GloboNo Estado de S.Paulo, deputados do do PP, PSD e PR querem vagas que estão nas mãos dos partidos que votaram contra Temer para aprovar a reforma da Previdência.

Folha de S.Paulo
Reforma aprova fundo de R$ 3,6 bi para campanhas
A comissão da Câmara que analisa a reforma política aprovou no fim da noite de ontem texto-base do relatório que cria mais um fundo público de financiamento de campanhas eleitorais, no valor de R$ 3,6 bilhões. Foi uma resposta à proibição do financiamento empresarial pelo STF em 2015. Na votação das emendas ao texto, já na madrugada de hoje, foi aprovado o distritão. O resultado apertado, porém, indica grande dificuldade para aprovação no plenário. A reforma tem de passar pelos plenários das duas Casas até setembro para valer nas eleições de 2018.

O Estado de S.Paulo
Centrão cobra cargos e ameaça travar Previdência
Parlamentares do Centrão, formado por PP, PSD e PR, ameaçam paralisar as discussões da reforma da Previdência até que o Planalto faça a redistribuição de cargos que estão nas mãos dos “infiéis”, os partidos da base aliada que votaram a favor da denúncia contra Temer na Câmara. Os líderes do Centrão também se mostraram dispostos a votar contra o governo em outras matérias, como a medida provisória do Refis.


O Globo
Reação ao distritão já conta com 142 deputados
Parte da Câmara reagiu ontem à tentativa de líderes partidários de emplacar o distritão como sistema eleitoral no país. Contrários à inclusão da emenda no texto da reforma política, que está sendo analisada em comissão especial, representantes de seis partidos, que somam 142 deputados, reuniram-se para lançar uma frente contra o distritão. O sistema registra apenas os votos nos candidatos, não nos partidos, e beneficia os deputados com mandato.

Com Exército, mais roubos de carga
Desde que o Exército saiu às ruas há 11 dias, o Rio registrou 246 roubos de carga, mais do que no mesmo período do ano passado. Foram, em média, 22 assaltos por dia.

Valor Econômico
Congresso rechaça impostos e ainda quer reduzir receitas
Técnicos da área econômica mapeiam uma série de impostos que podem subir para tapar pelo menos em parte o rombo fiscal previsto para 2018, estimado entre R$ 40 bilhões a R$ 50 bilhões.

Zero Hora
Emprego sobre pelo quarto mês consecutivo no país
O Brasil abriu 35,9 mil vagas de emprego formal em julho, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados na quarta-feira pelo Ministério do Trabalho. O resultado decorre de 1.167.770 admissões e 1.131.870 demissões. Indústria de transformação, comércio, serviços, agropecuária e construção civil foram os setores que mais abriram vagas.