Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Greve em Porto Alegre chega ao 10º dia com ônibus apedrejado

Liminar determina retomada de 70% da circulação de ônibus nos horários de pico, sob pena de multa; funcionários poderão ter dias que não trabalharam descontados do salário

A greve dos rodoviários em Porto Alegre (RS) chega nesta quarta-feira ao 10º dia com um saldo de 46 ônibus vandalizados. Pela manhã, um veículo da empresa VTC – responsável pelo transporte na Zona Sul da capital gaúcha – foi apedrejado por passageiros que estavam em uma moto. Oito ônibus voltaram às garagens para proteção de funcionários e passageiros, segundo informou a prefeitura de Porto Alegre.

A prefeitura disponibilizou esta semana vans escolares e transporte hidroviário entre a Ilha Pintada e o Cais Mauá enquanto a circulação de ônibus não é totalmente reestabelecida. No entanto, a passagem sai mais cara para a população: 4 reais pelo transporte hidroviário e 4,20 reais pelas vans.

Leia mais:

Greve de ônibus em Porto Alegre chega ao 8º dia

Greve de ônibus chega ao 5º dia e provoca caos em Porto Alegre

Ônibus incendiados: a nova modalidade de vandalismo em São Paulo

Duas multas já foram aplicadas aos rodoviários: uma de 100.000 reais, referente aos dias 28 e 29 de janeiro, e outra de 150.000 reais, correspondentes a 30 e 31 de janeiro.

Outra tentativa de agendar uma nova mediação ocorrerá nesta quarta-feira. A vice-presidente o Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS), desembargadora Ana Luiza Kruse, fará contato com o Sindicato dos Rodoviários e o Sindicato das Empresas de Ônibus de Porto Alegre (Seopa) para marcar a mediação.