Após reunião com Temer, militares pregam respeito à Constituição

Encontro no Palácio do Planalto foi convocado pelo presidente para discutir a crise política; não há atalhos fora da lei, afirma comandante do Exército

Comandantes das três Forças Armadas do Brasil Exército, Marinha e Aeronáutica disseram, por meio de notas oficiais, que manterão durante a crise política o compromisso com a Constituição. As manifestações foram feitas após reunião, no final da tarde de sexta-feira, com o presidente Michel Temer (PMDB) no Palácio do Planalto. Também participaram do encontro, convocado pelo peemedebista, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, e o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen.

“No encontro, foi destacada a estrita observância das Forças Armadas aos ditames constitucionais”, diz nota do Exército. “O general Villas Boas, comandante do Exército, reafirma que a atuação da força terrestre tem por base os pilares da estabilidade , legalidade e legitimidade e ressalta a coesão e a unidade de pensamento entre as Forças Armadas”, diz a nota, assinada pelo Centro de Comunicação Social do Exército.

(Reprodução/Reprodução)

Também em nota, assinada pelo brigadeiro do ar Antonio Ramirez Lorenzo, chefe do Centro de Comunicação Social, a Aeronáutica disse que no encontro “prevaleceram a unidade de pensamento e o estrito cumprimento das normas legais, características inerentes às Forças Armadas brasileiras”. Já a Aeronáutica, também em nota do Centro de Comunicação Social, disse que “no encontro foi discutida a total subordinação das Forças aos ditames constitucionais”.

No Twitter, o comandante do Exército reforçou o compromisso das Forças Armadas com a lei. “A Constituição Federal brasileira há de ser sempre a solução a todos os desafios institucionais do país. Não há atalhos fora dela!”, publicou.

 

(Reprodução/Reprodução)

Temer, como prevê a Constituição, é o comandante das Forças Armadas brasileiras. Caso ele renuncie ou seja afastado, a saída constitucional prevista é a posse do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que deverá convocar eleição indireta para escolher quem será o presidente da República até o final de 2018, quando haverá as eleições regulares.

Partidos de oposição a Temer, como o PT, PSOL e PCdoB, sindicatos e grupos de esquerda, como a Frente Brasil Popular e Frente Povo sem Medo, defendem a aprovação de uma emenda à Constituição para antecipar as eleições diretas para este ano. Uma emenda precisa da aprovação de 2/3 dos parlamentares do Congresso Nacional.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marcelo Ferreira

    Militar brasileiro = vampiro brasileiro (chico anynio)

    Curtir

  2. A constituição prevê que as forças armadas têm que defender o Brasil!

    Curtir

  3. vladimir dubrosky

    GENERAL VILLAS BOAS, ONDE ESTA SEU NOBRE BRIO ?????????????????????????
    PAGO PELOS CORRUPTOS ?????????????????????????????
    TENHA VERGONHA E, DEFENDA ESTE BRASIL.
    SEJA LIDER DESTE GOVERNO E, AJUDE SEU POVO. (chega de covardia)

    Curtir

  4. carlos viana retore

    Concordo com o pensamento dos Comandantes Militares. Só lembro que foram retirados dos militares os cargos de Ministros(no lugar destes, foi criado o Ministro da Defesa, que até agora, em todos os governos, foram mal no desempenho de suas funções), que eram muito importantes no equilíbrio de poderes.
    No entanto, foram criados muitos Ministros sem função alguns, sòmente para arranjar os afilhados, de partidos e minipartidos.
    Mas o importante é que o problema atual é mais de ética, do que legal. O aspecto legal demora no seu andamento, mas o ético é rápido e deve ser adotado em situações como essa. O Presidente Temer está implicado juntamente com oito Ministros seus, em corrupção, formação de quadrilha e interferência na justiça. Também os presidentes da Câmara e do Senado. O que é isso, meu Deus!

    Curtir

  5. ildefonso pavan

    Esperamos que o genaral entenda tambem que respeitar a constituição seja tambem barrar a roubalheira que infesta nossa Pátria !

    Curtir

  6. Jorge Araújo

    As Forças armadas tem que tomar o Brasil desses comunista lixos, a mídia fake tem que pagar tbem… Enquanto não ouve um banho de sangue nesse país os corruptos e os bandidos vão continuar fazendo o que quiser com o povo…

    Curtir

  7. Edmilson Oliveira

    O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Oséias 4:6.

    Curtir

  8. Luiz Umberto Fernandes

    O Comandante está só dizendo que tem que ser na LEI, isso faz dele um militar honrado.
    Não tenho dúvida que por vontade minha, preferia um militar lá, tipo um Marechal Floriano Peixoto que
    resolveria isto tudo em 15 minutos.

    Curtir

  9. ces micelato

    Interessante os comentários. O brasileiro não sabe votar, vota mal e agora clama que algum salvador da pátria venha lhe salvar…… Parabéns o Cmt Vilas Boas. Demonstra o amadurecimento desta Instituição permanente que tem sim o dever de respeitar as leis, aliás, como todos os brasileiros.

    Curtir

  10. Temos que defender o Brasil contra os cleptocratas que infestaram e infestam os governos Lula/Dilma/Mantega/Paloci/Temer (sem mencionar as outras centenas de pessoas) c/ amplo apoio do chefão do projeto criminoso lulopetista, o lula, os petistas e conivência de vários membros do PSDB (aécio)

    Curtir