Editorial do Estadão: ‘Torpe e indigno’

Publicado no Estadão Qual é o verdadeiro Lula? Aquele que, sem saber que estava sendo ouvido, afirma que o STF e o STJ estão “totalmente acovardados”; cobra gratidão do procurador-geral da República pelo fato de ter sido nomeado pelo governo petista; classifica de “palhaçada” a denúncia de que é alvo por parte do Ministério Público; […]

Publicado no Estadão

Qual é o verdadeiro Lula? Aquele que, sem saber que estava sendo ouvido, afirma que o STF e o STJ estão “totalmente acovardados”; cobra gratidão do procurador-geral da República pelo fato de ter sido nomeado pelo governo petista; classifica de “palhaçada” a denúncia de que é alvo por parte do Ministério Público; manda policiais e procuradores enfiar em lugar impublicável as investigações que o envolvem; ou aquele que, em “carta aberta” obviamente escrita por gente alfabetizada, tenta corrigir o devastador efeito negativo da divulgação de suas conversas telefônicas legitimamente gravadas e divulgadas – não “vazadas” – pela Operação Lava Jato?

Afirma Lula, no texto que assinou – e que devem ter lido para ele –, que como presidente da República sempre respeitou o Poder Judiciário e apela ao recurso demagógico de se fazer de vítima que tem sua intimidade “violentada por vazamentos ilegais” e apela à falsa condição de pobrezinho, pessoa humilde e bem-intencionada: “Não tive acesso a grandes estudos formais. Não sou doutor, letrado, jurisconsulto. Mas sei, como todo ser humano, distinguir o certo do errado; o justo do injusto”. Lula não diz a verdade. Ele, de fato, sabe o que é certo e o que é errado. Mas nunca quis saber como se distingue uma coisa da outra. Para ele, certo é tudo aquilo que faz e lhe dá prazer e proveito. Errado é o que não lhe apraz ou pode prejudicar.

Tem sido sempre assim. Reeleito presidente, passou a demonstrar completo desrespeito pelo Judiciário, ofendendo gravemente o STF com a afirmação de que o processo do mensalão era uma farsa que ele trataria de desmontar depois que deixasse o poder. Mas então o petrolão já estava funcionando a pleno vapor e acabou com a fanfarronice do chefão petista.

O perfil moral do ex-presidente foi descrito, em palavras duras, pelo decano da Suprema Corte, ministro Celso de Mello, ao repudiar, sem citar nomes, as “ofensas” e “grosserias” de que os ministros togados foram alvo por parte do ex-presidente: “Esse insulto ao Judiciário, além de absolutamente inaceitável e passível da mais veemente repulsa por parte dessa Corte Suprema, traduz, no presente contexto da profunda crise moral que envolve os altos padrões da República, a reação torpe e indigna, típica de mentes autocráticas e arrogantes que não conseguem esconder, até mesmo em razão do primarismo de seu gesto leviano e irresponsável, o temor pela prevalência da lei e o receio pela atuação firme, justa, impessoal e isenta de juízes livres e independentes”. Várias entidades representativas de juízes, do Ministério Público e dos policiais também repudiaram a tentativa de desqualificar o trabalho da força-tarefa da Lava Jato e do juiz Sergio Moro.

A verdade é que Lula, hábil manipulador e especialista em dizer o que as pessoas querem ouvir, subiu na vida no papel de líder populista, pragmático no pior sentido do termo, sem nenhum compromisso sério senão com a crescente volúpia pelo poder. Inculto, mas espertalhão, Lula deu um nó nos intelectuais esquerdistas que se iludiram com a possibilidade de manipulá-lo e, com indiscutível apoio popular, fingiu converter-se à política econômica que vinha produzindo resultados e se elegeu à Presidência da República para amoldar a seu feitio o “novo regime”: uma ação entre amigos com sotaque nitidamente sindical.

Enquanto a economia permitiu, o governo Lula mergulhou fundo em programas sociais indiscutivelmente meritórios, mas insustentáveis quando o panorama mundial se tornou adverso e a incompetência de Dilma Rousseff impediu as necessárias correções. Hoje, com o governo se desintegrando politicamente, inflação e desemprego crescentes e sem recursos para investir em programas estruturantes, os brasileiros caíram na real. Já não têm ilusões e isso os faz lutar por seus próprios direitos e interesses, o que significa pôr-se do lado oposto do governo responsável por suas frustrações.

Lula, porém, parece acreditar que ainda conseguirá sobreviver ao desastre político, econômico e moral que montou. Mas isso ficou muito mais difícil a partir do instante em que as autoridades começaram a revelar à Nação, com detalhes, os esquemas de corrupção que vêm sustentando o lulopetismo. E, nesse processo, ficou exposta a verdadeira face de Lula, esse populista irresponsável que procura dissimular sua verdadeira condição de abastado burguês para manter a pose de líder popular que compartilha o destino dos pobres.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Aldo soares

    Há pouco estava olhando um vídeo antigo, onde, o indigno muito bem arrumado,terno impecável,descrevia o perfil de um ditador;dizia ele que todo ditador é arrogante,não respeita as instituições e tal. Este editorial exemplar, do estadão, reflete o pensamento da grande maioria dos grandes homens da imprensa e de quase toda população do Brasil. Qual a leviandade que há no texto; quem ousa contestar, só aquele que se beneficia da desgraça alheia : o também, torpe e vil.

    Curtir

  2. Comentado por:

    stela

    Se vale a máxima do quem não deve não teme, não sei porque esse medo todo dos petistas, aí tem. Faccin estamos de olho, pensa bem no que o Excelentíssimo vai fazer.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Diogo

    Ele é a metamorfose ambulante.

    Curtir

  4. Comentado por:

    ernani

    Você esqueceu o pedido de tráfico de influência por parte do “compositor e da presidente junto a Rosa Weber para baneficiá-lo em processo que estava nas mãos da ministra, no qual elce é parte passiva.

    Curtir

  5. Comentado por:

    SidneyCWB

    Entre meus amigos tenho esquerdistas que se desiludiram com o PT como um todo e com Lula/Dilma em particular. Defenderam até semana retrasada este cara, mas com os acontecimentos da última semana até eles estão pedindo a cabeça deste governo!!! Dois a menos para ajudar a eles. Acredito que esteja acontecendo isso pelo Brasil todo, ao menos espero.

    Curtir

  6. Comentado por:

    Ferreira Pena

    Logo a Rosa Weber?, ela aparece sempre como suspeita pelos votos que deu no Mensalão. Ajudou os petistas corruptos e ladrões a se safarem de penas maiores. Ela não pode aceitar a tarefa, MAS se aceitar vai perder o sono por semanas. O STF morre de medo do Lula, com apenas uma exceção: Gilmar Mendes. Minha suspeita é que o Celso de Mello se indignou sozinho apesar de falar em nome da corte.

    Curtir

  7. Comentado por:

    Gilberto

    Fora de lugar, mas me pordoe. Tá dificil de assistir ao Sr Airton na CULTURA. fANATISMO É SINONIMO DE IDIOTICE.

    Curtir

  8. Comentado por:

    Roberto

    Noto que alguns leitores não gostaram do que a Ana Paula (20/3/2016 às 19:17) escreveu porém gostando ou não em uma coisa ela esta absolutamente certa:
    “O que faz um país ser de primeiro ou segundo mundo não são seus políticos, são o povo, os políticos são apenas o espelho de seu povo”.

    Curtir

  9. Comentado por:

    glauco

    O GRAMPO DE DILMA
    Seria de interesse nacional, que o Supremo solicitasse através do Itamarati, que o Governo Americano informasse o conteúdo do “grampo” feito nos e-mails de Dilma, como forma de colaboração com a Nação brasileira, na luta contra o totalitarismo e a corrupção que tomou conta do nosso país. Tirando, os palavrões e baixarias que certamente serão reveladas nestes documentos históricos que nos pertencem, certamente encontraremos informações estarrecedoras. Nisto concordo com Lula quando ele disse que importante é o conteúdo das revelações e não quem ou de que forma revelou.
    Lula e Dilma vão fugir pedindo asilo político em alguma ditadura chavista, mas não sem antes como vingança, arrasar a nação, já saqueada pelo PT.
    Para poder fugir é preciso tirar a PF e o Moro do seu encalço. Este é o desesperado plano do Planalto

    Curtir

  10. Comentado por:

    Pátria amada,Brasil

    Quando alguém fica recorrendo de decisões de uma forma tão atabalhoada, ou seja, com ações movidas e abastecidas de desespero de causa e só recebem indeferimentos e decisões contrárias, constantemente, isso significa que o que se pede e se requere é improcedente, conflitante e sem fundamentação. O que é flagrante no DESgoverno do PT, com a sua presidenta: Dilma Rousseff e o seu mentor político, criador e padrinho: Lula. Acabou a era Petista, o povo não quer mais que a Dilma, continue ocupando o cargo de presidente da república. A presença de Lula, só faz crescer a revolta e a forte e incontrolável indignação do povo brasileiro. Foram seis milhões e novecentos mil pessoas nas manifestações de ruas no dia 13 de Março, em todos os Estados e Cidades do Brasil, gritando: “Queremos Lula na cadeia”, Impeachment, já, Fora PT! Fora Dilma! Chega de tantas corrupções e roubalheiras. não à impunidade, Apoiamos o Dr. Sérgio Moro, Dilma sabia de tudo na Petrobrás, governo incompetente”. Acabou o DESgoverno da Dilma Rousseff.

    Curtir

  11. Comentado por:

    Arnld

    Em Cuba a ditadura firma sua legitimidade na “revolución”. No Brasil o lulopetismo vai de seu único mote, que sustenta retirada de milhões da pobreza. E fica nisso.

    Curtir

  12. Comentado por:

    Heitor

    Precisa perguntar qual dos dois é o verdadeiro Lula?
    Acho que nem um dos dois. O verdadeira é muito pior que tudo isso.

    Curtir