Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Vaccarezza: mais um líder do PT preso

Ex-deputado é suspeito de ter recebido U$ 500 mil em propina. Acompanhe o ‘Giro VEJA’

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 14h30 - Publicado em 18 ago 2017, 13h19

A Polícia Federal deflagrou, nesta sexta-feira, mais duas etapas da Operação Lava Jato. Uma delas prendeu o ex-deputado Cândido Vaccarezza, líder na Câmara nos governos Lula e Dilma Rousseff, em São Paulo. Ele é suspeito de ter recebido 500.000 dólares em propinas por ter intermediado doze contratos da Petrobras com a fornecedora de asfalto norte-americana Sargeant Marine, no valor de 180 milhões de dólares, entre 2010 e 2013.

  • Publicidade