Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Estúdio Veja: Bolsonaro corre risco de sofrer impeachment?

Editores de Veja e especialista avaliam situação atual do presidente

Por Da Redação - Atualizado em 22 maio 2019, 18h13 - Publicado em 17 maio 2019, 19h51

Ao comentar sobre a Lei de Responsabilidade Fiscal e o esforço que está sendo feito para cumpri-la, o presidente Jair Bolsonaro deixou escapar que se não a seguisse, poderia responder com um impeachment. A palavra, conhecida pelos brasileiros, ainda não havia sido pronunciada por Bolsonaro sobre seu governo. Para o cientista político Rafael Cortez, o presidente corre o risco de sofrer esse processo porque “o sistema político distorceu a figura do impeachment“, uma vez que os atores políticos passaram a tratar a exoneração como uma “saída para a crise política”.

 

Durante sua fala, Bolsonaro estava em Dallas, nos Estados Unidos, para receber o prêmio de “Personalidade do Ano”. Segundo a editora de Mundo de Veja.com, Denise Chrispim, a viagem e a premiação “foram ofuscadas” pela semana polêmica na política brasileira: a investigação envolvendo o senador Flávio Bolsonaro e os protestos contra os bloqueios de verba nas universidades federais pelo Ministério da Educação, que acabaram por desgatar a imagem do presidente. O editor de Veja.com, José Benedito, acredita que Bolsonaro precise rever a estratégia e levar em consideração que “a falta de articulação política foi um dos principais fatores que levaram ao impeachment de Dilma Housseff”. O grande problema, no entanto, seria o fato de que o próprio presidente inclui a discussão em pauta, também ao divulgar um texto em que diz que o país está “ingovernável” nas atuais condições.

 

Publicidade