Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Dicas Enem 2018: Como a matemática pode explicar a desigualdade salarial

Segundo o professor Thiago Dutra, exame tem como característica contextualizar a matéria com situações do cotidiano

Por Da Redação Atualizado em 23 out 2018, 14h51 - Publicado em 23 out 2018, 14h50

Tradicionalmente as provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médico) trazem os problemas do dia a dia para as questões de matemática. “Essa é uma característica bastante forte”, diz o professor Thiago Dutra. Para falar sobre porcentagem, ele mostra uma campanha que aumentou em 30% os valores dos pratos dos homens num restaurante. Seria uma forma de chamar a atenção para a desigualdade salarial entre os sexos. No entanto, matematicamente, o professor afirma que, apesar da boa intenção, a justiça não foi feita. No vídeo, ele explica o motivo.

  • Publicidade