Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Gilmar tem medo de perder o emprego

O ministro que se acha Deus acusa Moro de cobiçar o cargo. Acompanhe o '1 Minuto com Augusto Nunes'

Por Da Redação 12 abr 2018, 20h17

Alternando citações em alemão, e portanto incompreensíveis para quem só fala português, com palavrórios em juridiquês igualmente ininteligíveis para quem se expressa em língua de gente, Gilmar Mendes acusou Sergio Moro de agir como se fosse Deus.

Está explicada a furiosa ofensiva do juiz dos juízes contra o magistrado que personifica a Operação Lava Jato: como se acha o único deus togado, Gilmar Mendes está com medo de perder o emprego. O mais recente ídolo do PT continua caprichando na pose de Senhor da Verdade e da Razão.

Quem vê as coisas como as coisas são continua enxergando em Gilmar Mendes um ministro da defesa dos bandidos de estimação que envergonha o Supremo Tribunal Federal. No momento, luta para libertar o delinquente Antonio Palocci.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)