Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente do Fed reconhece potencial do bitcoin

Para Ben Bernanke, moedas virtuais são promissoras, mas impõem riscos

O presidente do Federal Reserve (Fed), Ben Bernanke, divulgou uma carta nessa segunda-feira onde reconhece o potencial do bitcoin, moeda virtual criada para transações na internet. Segundo o presidente do banco central americano, as moedas alternativas são promissoras no longo prazo e podem auxiliar futuros sistemas de pagamento on-line garantindo mais segurança e eficiência. O documento foi enviado ao Comitê sobre Segurança Interna e Assuntos Governamentais do Senado dos Estados Unidos.

Leia também:

Canadá inaugura primeiro caixa automático de bitcoins

Saiba o que é o bitcoin

Os departamentos da Justiça e do Tesouro americano concordam com Bernanke e enviaram cartas ao Senado reconhecendo a legitimidade do bitcoin e de outras moedas virtuais. O Securities and Exchange Commission (SEC), autoridade reguladora do mercado de capitais dos Estados Unidos, também se manifestou a favor do dinheiro digital.

Apesar do otimismo do presidente do Fed, o documento assinado por ele também traz ressalvas. Na carta, Bernanke afirma que as moedas virtuais podem representar riscos à economia, já que não podem ser supervisionadas.

O comitê do Senado americano tem como objetivo avaliar eventuais potencialidades e riscos, para o governo federal e para a sociedade como um todo, relacionados a uma moeda virtual.

Existem no mercado cerca de 12 milhões de bitcoins em circulação. Segundo o Bitstamp, plataforma popular para transação da moeda alternativa, um bitcoin vale atualmente 615 dólares.

A volátil moeda ainda não foi regulamentada por nenhum governo no mundo e ganhou certa notoriedade por ter sido usada no tráfico de drogas. A Alemanha foi o primeiro país a declarar os bitcoins uma “moeda privada”, um status que permite ao governo alemão taxar transações realizadas a partir do dinheiro digital.