Clique e assine a partir de 9,90/mês

O que mudou para os negócios com o distanciamento social?

Home office por tempo indeterminado e adoção de soluções digitais por diferentes setores da economia são algumas das transformações impostas pela pandemia

Por Abril Branded Content - Atualizado em 11 set 2020, 17h55 - Publicado em 14 set 2020, 11h00

Diante do cenário de incertezas causado pela Covid-19, algumas empresas adotaram a modalidade do home office sem estipular previsão de retorno ao ambiente físico. Outras estão migrando para salas e espaços de coworking com um modelo híbrido de expediente, no qual os funcionários se revezam para comparecer presencialmente à companhia. 

De acordo com um estudo realizado entre 14 e 29 de abril pela Fundação Instituto de Administração (FIA), 94% das empresas afirmaram que atingiram ou superaram suas expectativas de resultados com o teletrabalho, porém 67% tiveram dificuldades para implementar um sistema que suportasse as atividades a distância. 

As respostas dadas por CIOs a uma pesquisa realizada durante o prêmio As 100+ Inovadoras no Uso de TI comprovam os pontos acima. Para 54% dos empresários entrevistados, a crise ocasionada pela Covid-19 aumentou a demanda por projetos de inovação; e para 34% dos respondentes, foi preciso acelerar o planejamento de transformação digital para readaptar alguns modelos de negócio. 

Outro exemplo vem da Oi Soluções, provedora e integradora de soluções digitais para o mercado corporativo, que, ao buscar por melhor performance em conectividade para suportar seus produtos, conseguiu aumentar em 27% a receita de upgrade do  link de dados comparado ao período pré-pandemia. 

Foi pensando justamente nessa nova demanda que a Oi Soluções criou o Oi Smart Office 3.0, para auxiliar as empresas que estão com funcionários trabalhando em sistema de home office, e o Oi WiFi 4.0, para o setor de varejo e serviços que, aos poucos, estão voltando a funcionar. 

Colaboradores conectados 

Antes distante da realidade, o trabalho remoto tornou-se o presente do mundo corporativo. Por isso muitas organizações buscaram estruturar um escritório virtual para manter suas operações organizadas e, principalmente, com dados protegidos. O Smart Office 3.0, da Oi Soluções, foi atualizado para atender a esses requisitos, apresentando novas camadas de segurança e contribuindo para a produtividade da empresa.  

Continua após a publicidade

A ferramenta é composta por plataformas de colaboração, conectividade, segurança e VPN corporativa. Agora, as empresas têm à disposição inovadoras modalidades que permitem levar a segurança do escritório para a casa do colaborador. O DNS Security analisa, identifica e impede a ação de agentes maliciosos por meio da avaliação de padrões comportamentais e atividades da internet a partir da camada IP e DNS. Já a Autenticação Multifator confirma a autenticidade do usuário que efetuou um login, permitindo maior segurança. 

O serviço ainda permite que as companhias realizem reuniões remotas com até 100 colaboradores por meio de conferência web (conexão de áudio e vídeo real time, compartilhamento de arquivos e gravação). Além disso, a solução conta também com a possibilidade de locação de notebook, em que permite que o colaborador seja produtivo de forma segura independentemente do local da jornada de trabalho.  

Acesso à rede sem fio 

Embora muitas empresas consigam adotar o teletrabalho, existem aquelas que precisam manter seus ambientes físicos ativos, como no caso dos varejistas e do setor de serviços. Com a flexibilização da quarentena em diversos estados e municípios do Brasil, alguns estabelecimentos voltaram a funcionar, porém muitos consumidores continuam em distanciamento social

Por conta disso, diversas companhias utilizam ferramentas digitais de inteligência para compreender o comportamento do seu consumidor. Com o Oi Wifi 4.0, por exemplo, os clientes que acessam a rede wi-fi são autenticados e registrados, com isso a empresa pode criar a identidade do cliente, com dados como gênero, idade e até dispositivo usado. Essas informações vão auxiliar no engajamento personalizado e elaboração de relatórios analíticos que contribuam com a tomada de decisões, o que ajuda a empresa a traçar estratégias mais eficientes de marketing, vendas e publicidade, alavancando seu negócio.

Essa inovadora solução também disponibiliza ferramentas de big data e analytics integradas, permitindo mensurar o tempo exato de permanência do cliente no local, os principais horários de circulação, os hábitos de fluxo outdoor e também a taxa de retorno de visitas. Algumas das funcionalidades oferecidas hoje às empresas é a disponibilidade de Application Programming Interface (APIs) para se integrar com os principais sistemas do mercado, além de aderência às normas da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). 

“Com o Oi WiFi 4.0 é possível gerar insights que se converterão em novas receitas. Neste cenário em que estamos vivendo, a assertividade do negócio vai fazer toda a diferença para a retomada do lucro”, afirma Adriana Viali, head da Oi Soluções.

A Oi Soluções tem investido em seu portfólio de TIC para o segmento nos últimos três anos e provê soluções que se baseiam na robustez e abrangência da rede Oi, com cerca de 400 000 quilômetros de fibra ótica e uma capilaridade de mais de 36 000 técnicos de campo. Hoje, a companhia atende 57 000 empresas, entre públicas e privadas, distribuídas pelo país, com serviços de Segurança, Cloud & Data Center, Colaboração, IoT, Big Data & Analytics, Aplicações Digitais e Serviços Gerenciados, além de dados, internet e voz. O Oi Smart Office 3.0 e o Oi WiFi 4.0 pertencem, respectivamente, às famílias de Colaboração e Conectividade.

Continua após a publicidade
Publicidade