Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Nokia deixa de vender smartphones com Symbian

Saída do sistema operacional do mercado marca o fim de uma era para o setor de smartphones

Por Da Redação 11 jun 2013, 16h50

A finlandesa Nokia se prepara para encerrar a distribuição de smartphones com o sistema operacional Symbian, que, até 2011, ajudou a empresa a manter o controle do mercado mundial do setor, antes da chegada de rivais como o iOS, da Apple, e o Android, do Google.

De acordo com o jornal americano Financial Times, a decisão marca o fim de uma era na telefonia móvel e traz alívio à companhia, que agora poderá se dedicar exclusivamente aos aparelhos da linha Lumia, que utiliza a plataforma Windows Phone – desenvolvida pela Microsoft.

Leia também

Nokia faz piada com rivalidade entre Apple e Samsung

Nokia apresenta novo smartphone Lumia 925

Samsung bate Nokia e lidera mercado mundial de celulares

Em janeiro de 2013, após a divulgação de seus resultados financeiros, a Nokia sinalizou que o smartphone 808 PureView seria o último modelo a ser vendido com o Symbian. O aparelho ficou conhecido pela sua câmera principal de alta tecnologia e com 41 megapixels. “Em 2012, durante nosso processo de transição para o Windows Phone, nós continuamos a comercializar dispositivos baseados em Symbian. O PureView será o nosso último aparelho com a plataforma”, afirmou a companhia na ocasião.

Com a saída do sistema do setor, sobram apenas quatro opções para o consumidor – contanto com as já citadas iOS e Android. Os outros programas disponíveis são o próprio Windows Phone, que detém menos de 5% do mercado mundial, e o BlackBerry OS, da BlackBerry, que ganhou uma nova versão no começo do ano.

Continua após a publicidade

Publicidade