Clique e assine com 88% de desconto

Microsoft é investigada novamente por forçar usuários a navegar com seu browser, o IE

Processo antitruste é movido pela Comissão Europeia

Por Da Redação - 17 jul 2012, 11h19

A Comissão Europeia abriu nesta terça-feira uma investigação antitruste contra a Microsoft. A gigante do software é acusada de impedir que os usuários do sistema operacional Windows escolham qual navegador de internet (browser) preferem usar. “Estamos abrindo procedimentos formais”, informou o Comissário europeu de Concorrência, Joaquin Almunia, em uma coletiva de imprensa. “Se as infrações forem confirmadas, haverá sanções”.

Leia também:

UE sinaliza acordo com Google em caso antitruste

Publicidade

UE abre investigação contra Motorola após denúncias da Apple e Microsoft

Publicidade

A fim de evitar sanções europeias em 2009, a Microsoft concordou em fornecer aos usuários do Windows na Europa uma “tela de escolha”. O mecanismo permitia aos proprietários optar pelo navegador da Microsoft, o Internet Explorer, ou escolher outro.

Contudo, a tela de escolha desapareu quando a Microsoft lançou o Windows 7 Service Pack 1, em fevereiro de 2011. Isso impediu que 28 milhões de pessoas pudessem escolher qual browser usar, disse a Almunia.

Leia também:

UE sinaliza acordo com Google em caso antitruste

Publicidade

UE abre investigação contra Motorola após denúncias da Apple e Microsoft

Publicidade
Publicidade