Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Google deve oferecer serviço de telefonia móvel nos EUA

Autoridades temem que gigante tenha controle absoluto dos dados de usuários

Por Da Redação - 23 jan 2015, 12h13

O Google está a poucos passos de começar a vender pacotes de telefonia móvel nos Estados Unidos. Segundo reportagem do diário Wall Street Journal, o gigante das buscas está alugando a rede de dados das operadoras Sprint e T-Mobile, que têm capacidade ociosa, para oferecer o serviço de internet móvel sob sua marca.

Chamado de Nova, o projeto está sendo testado nos corredores da companhia em Mountain View e, de acordo com o site The Information, deve ser lançado até o fim de 2015. O Google não informa qual é a estratégia, mas analistas acreditam que o interesse da companhia é ampliar o alcance de sua marca e garantir uma rede segura para seus produtos.

O tipo de operação entre Google e operadoras é bastante comum nos Estados Unidos. Empresas como Cricket Wireless, Pure Talk e Republic Wireless são algumas que adotam a estratégia.

No caso do Google, porém, o processo deve ser mais complicado. Autoridades americanas estão preocupadas que a companhia, ao ganhar acesso também aos dados de telefonia, tenha muito controle sobre informações dos usuários. Segundo os jornais do país, o Nova será analisado com cautela pelos órgãos reguladores.

Publicidade