Clique e assine com 88% de desconto

As estratégias da Nasa para preparar os astronautas para colonizar Marte

Fazem parte da ação longas estadas no cosmo, como a de Christina Koch, que passou 328 dias no espaço

Por Sabrina Brito - Atualizado em 14 fev 2020, 07h00 - Publicado em 14 fev 2020, 06h00

A astronauta Christina Koch acaba de voltar de uma “estadia” de 328 dias no espaço. Qual o motivo de manter um ser humano por tanto tempo no cosmo, sobretudo quando se consideram os efeitos drásticos que isso provoca em seu corpo? Por que americanos, e russos, têm repetido tantas vezes esse procedimento, da década de 90 para cá? A intenção é superar a fronteira de Marte. Os testes no espaço com alimentos, equipamentos e o cérebro servirão como ensaio de preparação da humanidade para um dia colonizar Marte. Clique aqui para ler a matéria completa sobre as estratégias da Nasa e o que precisa ser levado em conta nas viagens para o planeta vermelho.

Publicidade