Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

São Paulo vacinará com Pfizer quem tem 2ª dose da AstraZeneca atrasada

Será imunizado só quem estiver com a dose da vacina feita pela Fiocruz vencida entre os dias 1 e 15 de setembro

Por Da Redação 10 set 2021, 21h33

A Secretaria de Saúde de São Paulo anunciou na noite desta sexta-feira, 10, que, com a falta de doses da AstraZeneca no estado, a população vai poder tomar a segunda dose contra a Covid-19 com a vacina da Pfizer. A vacinação deve ocorrer a partir da semana que vem.

A mudança é permitida apenas para quem estiver com a dose de AstraZeneca vencida entre os dias 1º e 15 de setembro. A ação é para prevenir grandes atrasos na imunização, diz o governo paulista. De acordo com o estado, quase 1 milhão de doses não foram enviadas pelo Ministério da Saúde para São Paulo. Só a cidade de São Paulo tem cerca de 200 mil pessoas com a imunização atrasada pela falta de imunizante nos postos de saúde.

A troca entre as duas vacinas foi aprovada pelo Ministério da Saúde e pelo PEI (Plano Estadual de Imunização) e Comitê Científico do Estado, além da OMS (Organização Mundial da Saúde).

A Fundação Oswaldo Cruz anunciou que a distribuição da vacina AstraZeneca deve ser normalizada entre terça (14) e sexta-feira (17). Segundo a Fiocruz, o problema foi causado pela falta de matéria-prima. O Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), que vem da China, chegou com atraso.

Continua após a publicidade
Publicidade