Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

OMS ‘desaconselha fortemente’ dois medicamentos para Covid

Os anticorpos monoclonais casirivimabe/imdevimabe e o sotrovimabe não apresentaram eficácia contra variante ômicron

Por Paula Felix Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
16 set 2022, 20h26

A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez uma atualização no painel de medicamentos para o tratamento de Covid-19 nesta sexta-feira, 16, e informou que “desaconselha fortemente” dois tratamentos utilizando anticorpos monoclonais para a doença. O primeiro foi o coquetel casirivimabe e imdevimabe. O sotrovimabe também não é mais recomendado. A entidade levou em consideração ensaios que apontaram que as medicações não têm eficácia contra a variante de preocupação ômicron, dominante atualmente.

A nova recomendação foi publicada no periódico The British Medical Journal e considerou dados de neutralização in vitro. “Houve consenso entre o painel de que a ausência de atividade de neutralização in vitro sugere fortemente a ausência de eficácia clínica desses anticorpos monoclonais”, informaram os pesquisadores.

Eles disseram ainda que ensaios clínicos serão necessários para confirmar a eficácia de novos anticorpos monoclonais “que neutralizem de forma confiável as cepas circulantes in vitro“.

O sotrovimabe foi autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o tratamento de casos leves a moderados de Covid-19 em adultos e adolescentes com mais de 12 anos (e que pesem ao menos 40 kg) com risco de evolução para quadros graves da doença. Já o coquetel casirivimabe e imdevimabe teve a autorização de uso emergencial suspensa pela agência em março deste ano.

Continua após a publicidade

Abaixo, os números da vacinação no Brasil:

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.