Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Musculação pode ajudar a prevenir Alzheimer

Segundo estudo, idosos que levantam pesos leves duas vezes por semana apresentaram melhora da função cerebral

Por Da Redação 31 out 2016, 17h33

A ciência já demonstrou que os exercícios físicos possuem um papel fundamental tanto para a saúde física quanto para a mental. Agora, um novo estudo apontou qual tipo de exercício é especialmente importante para preservar a memória: levantamento de peso. De acordo com  a pesquisa, realizada por pesquisadores da Universidade de Sidney, na Austrália, levantar pesos leves duas vezes por semana é capaz de melhorar a função cerebral em idosos e, consequentemente, pode ajudar afastar o Alzheimer e outras formas de demência.

O estudo foi realizado com 100 homens e mulheres, com idades entre 55 e 86 anos, que foram diagnosticados com comprometimento cognitivo leve. Pessoas com a condição, conhecida como uma das precursoras do Alzheimer, têm redução da memória e piora nas habilidades de raciocínio, mas ainda conseguem viver de forma independente. Para a pesquisa, os participantes foram divididos em dois grupos: uma parte fez exercícios de resistência, como musculação, e outra realizou alongamentos e atividades aeróbicas. Eles fizeram a atividade escolhida duas vezes por semana, durante seis semanas.

 

De acordo com os resultados, aqueles que fizeram exercícios de musculação alcançaram metas melhores nos testes cognitivos em relação àqueles que fizeram as atividades aeróbicas. Exames de ressonância magnética mostraram ainda um aumento de áreas específicas do cérebro relacionadas à melhora cognitiva nos que levantaram peso.

“Quanto mais fortes as pessoas ficavam, melhor era o benefício para o cérebro”, disse Yorgi Mavros, fisiologista do exercício da Universidade de Sidney, na Austrália.

Os pesquisadores ainda não sabem porque o levantamento de peso melhora a atividade cerebral. O próximo objetivo é descobrir detalhes do mecanismo que relaciona a força muscular ao crescimento do cérebro e ao desempenho cognitivo. Com isso, seria possível recomendar exercícios específicos para alcançar o máximo dos benefícios para o cérebro.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)