Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Covid-19: com queda de 37% nas mortes, flexibilização em SP deve avançar

Capital ainda teve redução de 54,4% na média móvel de novos diagnósticos, taxa que também contribui para a chegada na fase verde

Por Giulia Vidale Atualizado em 8 set 2020, 19h02 - Publicado em 7 set 2020, 19h13

A capital paulista registrou nesta segunda-feira, 7, uma média móvel de novos óbitos por Covid-19 de 46,7, o que corresponde a uma queda de 36,9% em comparação com os 74 registrados há quatro semanas. No mesmo período, também houve redução de 54,4% na média móvel de novos diagnósticos: foram 1.425,3 casos nesta segunda-feira, 7, em comparação com 3.119,1, há um mês.

A queda constante deixa a cidade de São Paulo cada vez mais próxima de avançar ainda mais na flexibilização da quarentena. Segundo estimativa do prefeito Bruno Covas, a expectativa é que a capital paulista passe para a penúltima fase do Plano SP na segunda quinzena de setembro. Na chamada fase verde, teatros e cinemas podem voltar a funcionar. A próxima atualização do Plano está programada para o dia 18 de setembro.

O estado de São Paulo também parece finalmente ter conseguido sair do platô e chegar à queda na curva de novos óbitos por Covid-19. Nesta segunda-feira, 7, a média móvel de mortes no estado foi de 194,7, uma redução de 22,1% em comparação com o registrado no último mês, quando a média diária foi de 249,7. No mesmo período, o número de novos casos caiu 28,7%.

O levantamento realizado por VEJA com as médias móveis considera os novos casos e mortes dos últimos sete dias somados e divididos por sete. Deste modo é possível neutralizar as subnotificações ocorridas ao longo do final de semana, quando algumas secretarias de saúde não conseguem manter o ritmo de notificação de registros da doença.

LEIA TAMBÉM: Os desafios da volta às aulas em meio à Covid-19

Houve também redução nas internações pela doença. De acordo com dados do governo do estado de São Paulo, no último mês, a redução foi de 17%, saino de 1.714 para 1.418 novos pacientes hospitalizados diariamente. Essa é a quarta semana consecutivas com queda de mortes e internações provocados pelo novo coronavírus.

Segundo dados da Secretária da Saúde do estado de São Paulo, na região Metropolitana, a queda em relação aos óbitos foi de 31% e 20% quanto à média diária de pacientes internados. No interior e na Baixada Santista, a média diária de novas mortes foi reduzida em 12% e da de internações em 14%.

Nesta segunda-feira, 7, o estado de São Paulo confirmou 31.377 óbitos e 857.330 casos de infecção pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. Destas, 699.451 pessoas estão recuperadas, sendo que 95.056 foram internadas e tiveram alta hospitalar. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 52,8% na Grande São Paulo e 53,8% no estado.

Continua após a publicidade
Publicidade