Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Suplente do ‘deputado das laqueaduras’ já foi condenado por desvio de dinheiro

Supremo sentenciou ex-senador Luiz Otávio a doze anos de prisão por prejuízo de 12 milhões de reais ao governo do Pará

Por Laryssa Borges Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
26 mar 2014, 18h29

Com a renúncia do deputado Asdrúbal Bentes (PMDB-PA), condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por ter oferecido cirurgia de laqueadura em troca de votos, o ex-senador paraense Luiz Otávio (PMDB) tomará posse na Câmara dos Deputados. Assim como Bentes, o peemedebista Luiz Otávio é velho conhecido das páginas policiais: foi condenado em Primeira Instância, em 2012, a doze anos de prisão em regime fechado, por desvio de recursos públicos – ele recorre da decisão.

Luiz Otávio foi acusado de ter participado, quando chefiava a Secretaria de Transportes na gestão do governador Hélio Gueiros (PMDB), de um esquema que tomou empréstimos da Agência Especial de Financiamento Industrial (Finame) para a suposta construção de treze balsas. As balsas, que deveriam ter sido construídas com o apoio da Estaleiros Bacia Amazônica SA (Ebal), nunca foram entregues. Os prejuízos com a operação fraudulenta chegaram a 12 milhões de reais.

Leia também:

Condenado, deputado das laqueaduras renuncia

As irregularidades ocorreram em 1992, quando o grupo Rodomar conseguiu o empréstimo com o argumento de que iria construir as balsas. No mesmo processo foram condenados, também a doze anos de reclusão, os dirigentes da Rodomar José Alfredo Heredia, os ex-dirigentes da Ebal André Moraes Gueiros, Paulo Érico Moraes Gueiros e David Jacob Serruya e os então funcionários do Banco do Brasil Manoel Coriolano Monteiro Imbiriba Neto e José Roberto Lobão da Costa.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.