Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

PMDB: Ministros que não entregarem cargos podem ser expulsos

Por Da Redação 29 mar 2016, 17h18

Deputados da ala rebelde do PMDB já preparam uma punição para os ministros que resistirem em deixar seus cargos: vão acionar a Comissão de Ética da legenda pedindo a expulsão dos governistas. A ideia é estabelecer como prazo para a entrega das pastas até o dia 12 de abril, quando completa um mês da convenção que definiu um aviso prévio para o fim da aliança com o Planalto. “No dia 13 de abril, o ministro que não tiver abandonado o governo será alvo de representação pedindo a sua expulsão. Faremos isso com dor no coração, se necessário for”, disse o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) ao site de VEJA. Os ministros Celso Pansera (Ciência e Tecnologia) e Marcelo Castro (Saúde) são apontados como os que têm maior resistência em levantar da cadeira. Espera-se que a ministra Kátia Abreu (Agricultura) deixe o PMDB depois que a legenda confirmou o desembarque da base aliada. (Marcela Mattos, de Brasília)

Publicidade